Braga, sexta-feira

Ex-futebolistas e figuras públicas preparam jogo solidário e homenageiam Neno

Desporto

18 Junho 2021

Lusa

Antigos jogadores e algumas figuras públicas juntaram-se hoje no Estádio do Restelo para efetuar um primeiro treino para um jogo solidário a favor da UNICEF, em 18 de julho, que também serviu para homenagear o antigo guarda-redes Neno.

Antigos jogadores e algumas figuras públicas juntaram-se hoje no Estádio do Restelo para efetuar um primeiro treino para um jogo solidário a favor da UNICEF, em 18 de julho, que também serviu para homenagear o antigo guarda-redes Neno.

Antes do treino, que opõe uma equipa de embaixadores da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) a uma equipa composta por figuras públicas em representação da UNICEF, foi efetuado um minuto de silêncio em memória do antigo internacional português, que morreu em 10 de junho, aos 59 anos, vítima de doença súbita.

A equipa da LPFP e da Fundação do Futebol envergou uma camisola com o nome de Neno e o número um nas costas, num evento que iria contar com a presença do guarda-redes que se notabilizou ao serviço de Vitória de Guimarães e Benfica.

“O Neno é eterno, vai estar sempre nos nossos corações. Era um exemplo de companheiro, não só dentro de campo. Vai ser difícil encontrarmos alguém como ele. Vai deixar muitas saudades”, recordou o ex-futebolista Nuno Gomes, presente no treino.

O evento “Joga pelas Crianças” servirá, assim, também de homenagem a Neno, “para que as futuras gerações não possam esquecer e possam ficar a conhecer um pouco daquilo que foi o Neno como pessoa e como jogador”, indicou o antigo avançado.

Num treino que contou com muita boa disposição, onde “com certeza o Neno se iria notar”, vincou Nuno Gomes, também Chaínho e Manuel Fernandes lembraram o “grande amigo” Neno, “uma pessoa incrível” que merece esta “homenagem justa”.

“Não há ninguém, no mundo do futebol, que tenha uma palavra negativa em relação a esse grande homem. O Neno era amigo de todos e acho que é uma homenagem justa”, afirmou Chaínho, corroborado por Manuel Fernandes: “Não há palavras para descrever o que é o Neno e a alegria que ele transportava para qualquer grupo. Foi uma perda muito grande para a família e para os amigos também”.

As antigas ‘figuras’ do futebol português ressalvaram a importância do jogo de cariz solidário a realizar em 18 de julho, que ainda aguarda indicações da Direção-Geral da Saúde (DGS) para saber se poderá ocupar 33% da lotação do Estádio do Restelo.

“Sem público, isso vai afetar a receita a favor da UNICEF, mas esperamos que existam outras formas de fazer donativos, através de bilhetes solidários, pois podem não estar presentes e ajudar, comprando o bilhete no ‘site’. O objetivo era termos o estádio com público, que isso motiva os próprios atletas, mas vamos aguardar pelas indicações da DGS”, afirmou o gestor de marca do evento, Fernando Domingues, aos jornalistas.

Pela equipa da LPFP e da Fundação do Futebol, treinada por Manuel Fernandes e pelo padre Guilherme, estiveram presentes no treino de hoje os antigos futebolistas Helton, João Manuel Pinto, Jorge Andrade, Ricardo Rocha, Chaínho, Carla Couto e Nuno Gomes, para além dos cantores Toy, Dino d’Santiago e João Pedro Pais, o apresentador de televisão Jorge Gabriel e o radialista Fábio Lopes.

Pela equipa em representação da UNICEF, marcaram presença os ex-jogadores Pedro Alves, Silas e Edite Fernandes, os músicos António Ferreira e Fradique Ferreira, da banda Calema, Nélson Rosado e Sérgio Rosado, da banda Anjos, o antigo hoquista Filipe Gaidão, o ator Jorge Corrula, o cozinheiro Chakall e os locutores de rádio Pedro Fernandes e Rodrigo Gomes.

Deixa o teu comentário