Braga, quarta-feira

Exposição ‘Educação com gente dentro’ patente no Museu dos Biscainhos

Regional

24 Janeiro 2023

Redação

O Museu dos Biscainhos tem patente ao público a exposição ‘Educação com gente dentro’. Numa organização do Município de Braga, esta é uma mostra de trabalhos artísticos desenvolvidos no projecto incluIR+ Férias de Natal e no Programa Municipal de Enriquecimento Curricular.

Esta iniciativa decorre no âmbito da celebração do Dia Internacional da Educação e tem como objectivo sensibilizar a sociedade civil para o direito à Educação, consagrado no artigo 26º. da ‘Declaração Universal dos Direitos Humanos’ e na ‘Convenção sobre os Direitos da Criança’.

Por outro lado, a exposição, patente até 7 de Fevereiro, procura sublinhar o papel da Educação enquanto meio para fomentar o exercício da cidadania através da arte, contribuindo, assim, para um desenvolvimento social mais equitativo.

Carla Sepúlveda, vereadora da Educação da Câmara Municipal de Braga, marcou presença na inauguração da exposição e destacou a mais-valia da vertente artística no fomento da cidadania e na prática da inclusão. “Esta mostra carrega a essência de educar cidadãos. Este círculo de transmissão do conhecimento resulta numa mescla de actividades e trabalhos realizados dentro e fora do espaço escola e que merecem ser vistos por toda a comunidade, uma vez que consideramos que a arte deve estar incluída na prática educativa e incidindo no estímulo à criatividade, na inclusão e participação comunitária”, referiu.

Os trabalhos expostos foram elaborados com supervisão artística e técnica de professores da Cooperativa de Ensino Artístico - CEA. A esta exposição junta-se a ilustração ‘Braga, Cidade Aberta’ que foi realizada por crianças e adultos no Dia Internacional da Cidade Educadora, na Quinta Pedagógica.

Segundo a vereadora, o Plano Nacional das Artes, é a prova de que a escola deve estar aberta à partilha e criatividade artística no sentido de, a partir das várias sinergias e trabalhos artísticos, se possa abraçar a cidadania e envolver toda a comunidade educativa na arte de fazer e criar. “A inclusão tem de passar, inevitavelmente, pela envolvência de todos. É com muita honra e orgulho que inauguramos uma exposição onde os trabalhos foram todos desenvolvidos por alunos e alunas que integram projectos desenvolvidos pelo Município nas escolas do Concelho. Esta é uma forma de mostrar um pouco do enormíssimo trabalho que é feito nas nossas escolas por directores de agrupamento, professores, associações parceiras e pessoal não docente”, explicou Carla Sepúlveda, sublinhando que os trabalhos expostos espelham o espírito de toda uma comunidade educativa, numa cidade que “humaniza o espaço educativo”.

Deixa o teu comentário