Braga, sexta-feira

Exposição revisita 15 anos de arte no Palácio Vila Flor em Guimarães

Regional

30 Novembro 2020

Redação

O Palácio Vila Flor, em Guimarães, inaugura na sexta-feira uma mostra coletiva de obras de todos os artistas que ali expuseram nos últimos 15 anos, anunciaram hoje os serviços culturais do município.

O Palácio Vila Flor, em Guimarães, inaugura na sexta-feira uma mostra coletiva de obras de todos os artistas que ali expuseram nos últimos 15 anos, anunciaram hoje os serviços culturais do município.

Em comunicado, A Oficina, responsável pela gestão dos equipamentos culturais de Guimarães, sublinha que a exposição será “uma oportunidade rara” para “percecionar transversalmente aquilo que foi a dinâmica e singularidade programática” do Palácio Vila Flor, no contexto das artes plásticas e visuais.

Denominada “Palácio”, a mostra, distribuída por cerca de 850 metros quadrados e dois pisos, poderá ser visitada até 06 de março de 2021.

Alexandre Estrela, Adelina Lopes, André Cepeda, André Príncipe, António Júlio Duarte, António Olaio, Arlindo Silva, Daniel Blaufuks, Gabriela Albergaria, Gabriel Abrantes, Fernando Calhau, Fernando Brito, Hugo Canoilas, João Queiroz, José Almeida Pereira e José Loureiro são alguns dos artistas representados.

Há ainda para ver trabalhos de Manuel Caeiro, Paulo Mendes, Patrícia Almeida, Pedro Cabral Santo, Pedro Portugal, Pedro Sousa Vieira, Pedro Tudela, Sonoscopia, O Bergado, Salão Olímpico com Carla Filipe, Isabel Ribeiro, Renato Ferrão e Eduardo Matos.

A mostra contará também com obras saídas do Guimarães - Arte Contemporânea 2011 e do Laboratório das Artes - 10 Anos.

A exposição reúne, assim, obras da coleção d’A Oficina e obras mais antigas e recentes selecionadas pelos artistas.

Nos dias 19 de dezembro e 27 de fevereiro, haverá visitas orientadas à exposição, com duração aproximada de uma hora e limitadas a um máximo de sete participantes.

Disponíveis pelo valor de dois euros, as visitas decorrerão mediante inscrição prévia.

O Palácio Vila Flor é o espaço expositivo do Centro Cultural Vila Flor.

Deixa o teu comentário