Braga, quinta-feira

Famalicão investe 1ME para reduzir perdas de água e aliviar fatura de munícipes

Regional

07 Outubro 2020

Redação

A Câmara de Vila Nova de Famalicão vai investir cerca de um milhão de euros na redução significativa das perdas de água no sistema de abastecimento, foi hoje anunciado.

A Câmara de Vila Nova de Famalicão vai investir cerca de um milhão de euros na “redução significativa” das perdas de água no sistema de abastecimento, foi hoje anunciado.

Em comunicado, a câmara refere que, a médio e longo prazo, a colocação de 80 equipamentos de medição e controle do caudal e da pressão vai permitir aos cofres do município poupanças na ordem do meio milhão de euros anuais e significar também uma redução do custo da água para os munícipes.

As novas medidas implementadas pelo município implicam um investimento total de cerca de um milhão de euros, comparticipado pelo Programa Operacional Sustentabilidade e eficiência no Uso de Recursos com 557 mil euros.

Os equipamentos vão ser colocados em vários locais do concelho, num processo que estará concluído até meados de abril.

“As intervenções têm como objetivo a redução significativa das perdas de água no sistema de abastecimento, contribuindo para uma maior eficiência ambiental e económica do município, mas também para uma maior qualidade de vida dos munícipes”, sublinha a câmara.

Citado no comunicado, o presidente da Câmara refere que a intervenção “simboliza a maturidade das políticas públicas ao nível ambiental e particularmente ao nível da rede de distribuição de água”.

“Apesar de a rede ainda não estar concluída, é preciso dar este passo para que o concelho integre o pelotão da frente daqueles que em Portugal, na Europa e no mundo, mais se preocupam com as questões ambientais”, acrescenta Paulo Cunha.

Em 2017, o nível de perdas globais no Sistema de Abastecimento de Água de Vila Nova de Famalicão foi de 34,6 por cento, sendo que na origem das mesmas poderão ter estado, entre outros fatores, perdas em condutas, reservatórios, ramais, bem como perdas associadas a medições deficitárias em contadores, ou ligações ilegais.

Com a implementação das medidas propostas na candidatura, prevê-se reduzir o nível de perdas reais para os 20 por cento, correspondendo a uma poupança de 871.467 metros cúbicos por ano.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho