Braga, sexta-feira

Festival Internacional de Trombone é referência

Regional

07 Julho 2021

Miguel Viana Miguel Viana

Evento decorre se 29 a 31 deste mês e tráz a Braga músicos nacionais estrangeiros. Concertos e masterclasses são as propostas do programa.

O Conservatório de Música Calouste Gulbenkian e o Auditório Vita acolhem, entre os dias 29 e 31 deste mês, o Festival Internacional de Trombone - Braga 2021.


Organizado pela Câmara Municipal de Braga, em colaboração com a Associação Portuguesa de Trombone (APT) e pela Braga - Capital da Cultura do Eixo Atlântico, o festival pretende pôr os alunos e amantes do trombone e contacto com os grandes nomes nacionais e internacionais. “Braga é uma referência no ensino do trombone, assim como outras escolas do país. A ideia é trazer a Braga todas as referências e fazer a agregação de todos os contributos. Na parte pedagógica, vamos ter actividades com dois professores (Martin Shippers e Lars Karlin), que fazem a ligação com pessoas que trabalham com eles na Europa. Qualquer aluno que cá venha, vai ter contacto com as maiores referências nacionais e internacionais” explicou Joaquim Oliveira, da APT.


Ricardo Pereira, também da APT e professor do Conservatório Calouste Gulbenkian, destacou que o evento pretende chegar a um público vasto. “ Todos os concertos foram direccionados para espaços abertos. Tal não foi possível, mas queremos que os concertos sigam essa logica, abertos à comunidade”, disse Ricardo Pereira,


A vereadora da Cultura na Câmara de Braga, Lídia Dias, realçou que o festival “está dentro do programa da candidatura de Braga a Capital da Cultura do Eixo Atlântico.”


A directora do Conservatório de Música Calouste Gulbenkian, Ana Maria Caldeira, fez notar que “vai ser um evento com repercursões na cidade.” O festival começa com a actuação do GMS - Quinteto de Metais, às 21 horas, no Espaço Vita. No dia seguinte sobem ao palco, no mesmo local e hora os Táxi Groove. O festival encerra no dia 31 com o Emsemble da APT & Friends.


No dia 31 há um concerto de Música de Câmara, no Conservatório Calouste Gulbnekian.

Deixa o teu comentário