Braga, sexta-feira

Filme Ave Rara de Vasco Saltão vence competição nacional do Curtas de Vila do Conde

Diversos

14 Julho 2019

Lusa

O filme Ave Rara, de Vasco Saltão, venceu o prémio de melhor filme da competição nacional no festival Curtas de Vila do Conde, anunciou hoje a organização.

De acordo com o palmarés da 27.ª edição do festival, o grande prémio da competição internacional foi atribuído à espanhola Elena López Riera, pelo filme “Los Que Desean”, enquanto “Purpleboy”, de Alexandre Siqueira, foi considerado o melhor filme de animação, “Demonic”, de Pie Borg, o melhor documentário, e “Les Extraordinaires Mésaventures de la Jeune Fille de Pierre”, de Gabriel Abrantes, a melhor ficção.
 

O prémio do público da competição internacional foi dado a “Pânico na Aldeia – A Feira Agrícola”, dos repetentes Stéphane Aubier e Vincent Patar.
 

Na competição nacional, “Ave Rara”, protagonizado por Gustavo Sumpta, com produção da Terratreme, levou o prémio de melhor filme, enquanto o prémio Kino Sound Studio, de 4.000 euros em serviços de pós-produção para o melhor realizador, foi entregue a Mariana Gaivão, por “Ruby”.
 

Gabriel Abrantes surge a duplicar no palmarés, por ter sido também premiado pelo público da competição nacional com “Les Extraordinaires Mésaventures de la Jeune Fille de Pierre” (que será o candidato do Curtas aos prémios europeus de cinema), algo que também acontece com "Purpleboy", que recebeu o prémio de aquisição Movistar+.
 

A secção Take One!, dedicada às escolas de cinema, foi vencida por Tomás Paula Marques, da Escola Superior de Teatro e Cinema, de Lisboa, com “Em Caso de Fogo”, tendo Maria Teixeira, da Filmuniversitat Babelsberg Konrad Wolf, de Potsdam, na Alemanha, recebido a distinção de melhor realização com "Inside Me".
 

O vídeo para a canção “Mesa para Dois no Carpa”, de David Bruno (também conhecido por dB, dos Conjunto Corona), realizado por Francisco Lobo, ganhou a competição de vídeos musicais.
 

O prémio para melhor filme experimental foi atribuído a “Suspended Island”, de Jane e Louise Wilson, enquanto “A Gata Butterboo”, de Emilie Pigeard, foi galardoado na secção Curtinhas.
 

O filme “Nesta Football Club”, de Yves Piat, foi distinguido na secção My Generation.
 

A 27.ª edição do Curtas, que termina hoje em Vila do Conde, decorreu desde dia 06 de julho, tendo dado destaque à carreira do norte-americano Todd Solondz e do lusoangolano Carlos Conceição.