Braga, quarta-feira

Fiscalização da GNR a motociclos regista 58 crimes e 695 contraordenações

Nacional

15 Julho 2020

Redação

A Guarda Nacional Republicana (GNR) registou, entre 07 e 13 de julho, em todo o país, 58 crimes e 695 contraordenações relacionadas com a fiscalização de veículos de duas rodas, foi hoje anunciado.

A Guarda Nacional Republicana (GNR) registou, entre 07 e 13 de julho, em todo o país, 58 crimes e 695 contraordenações relacionadas com a fiscalização de veículos de duas rodas, foi hoje anunciado.

A GNR efetuou naquele período “uma operação de âmbito nacional, promovendo ações de sensibilização e de fiscalização rodoviária, no sentido de prevenir comportamentos de risco durante a condução de motociclos e ciclomotores nas vias com maior intensidade de tráfego”, com o “objetivo de inverter a tendência de aumento da sinistralidade” que tem vindo a verificar-se nestes veículos.

No total, militares dos comandos territoriais e da Unidade Nacional de Trânsito fiscalizados 6.712 veículos de duas rodas, ações das quais resultaram 58 crimes, sendo 41 por falta de carta de condução e 14 por excesso de álcool.

Quanto a contraordenações foram registadas 695, sendo 122 relacionadas com iluminação e sinalização; 42 por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório; 41 por excesso de velocidade; 36 por excesso de álcool no sangue (sem ser à taxa criminal); 31 por falta ao mau uso de capacete e 16 relacionadas com pneus.

Durante o dia 12 de julho, a GNR organizou ainda, em todo o território nacional, passeios de sensibilização para os motociclistas, empenhando 68 militares e sensibilizado 346 condutores.

Na terça-feira, a PSP anunciou também resultados de uma semana de fiscalização similar, neste caso nas áreas metropolitanas onde tem jurisdição, durante a qual realizou 156 detenções, das quais 72 por condução sob o efeito do álcool e 84 por condução sem habilitação legal.

"Destas [detenções], 12 foram registadas com o condutor a dirigir um veículo de duas rodas a motor", adiantou a PSP, que no total apreendeu 77 veículos, 69 títulos de condução e 61 documentos de veículos por infrações de diversas tipologias.

 A PSP refere que a operação dedicou especial atenção à fiscalização específica dos veículos de duas rodas com motor e que das 1.268 viaturas controladas em excesso de velocidade, 77 eram motociclos.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho