Braga, sexta-feira

Francisco Alves (PS) quer revalidar maioria absoluta em Cabeceiras de Basto

Regional

21 Julho 2021

Lusa

O socialista Francisco Alves candidata-se a um novo mandato frente à Câmara de Cabeceiras de Basto, com o objetivo de revalidar a maioria absoluta conseguida em 2017 e continuar a trabalhar para a melhoria de vida no concelho.

Em declarações à Lusa, Francisco Alves, presidente daquela autarquia no distrito de Braga há seis anos - em 2015 assumiu o cargo depois do presidente eleito em 2013 ter renunciado -, afirmou estar “altamente motivado” para um novo mandato.
 

“Sinto-me motivado para mais quatro anos. Este projeto não acaba em setembro e o nosso objetivo é dar continuidade ao trabalho que o PS faz na autarquia há 28 anos”, disse.
 

O candidato assumiu que a pandemia causada pelo novo coronavírus trouxe novos desafios para o concelho: “A pandemia fragilizou o nosso concelho e todos os outros. É preciso apostar na revitalização da economia local, mas sem descurar toda a ação social que é necessária depois do período tão difícil que o concelho e o país ainda estão a atravessar”.
 

Francisco Alves apontou como objetivo “repetir a maioria absoluta de 2017 e, se possível, reforçá-la”, assumindo que a campanha eleitoral que se aproxima vai ser “um grande desafio”.
 

“Em primeiro lugar pelas contingências que a pandemia impõe. Depois, este ano há mais candidatos, o PSD apresentou também candidato, algo que não aconteceu em 2017. Portanto, há três candidatos e ainda bem, porque em democracia é assim”, explicou.
 

Em 2017, o PS ganhou a autarquia de Cabeceiras de Basto com 50,39% dos votos, elegendo quatro mandatos, o movimento Independentes por Cabeceiras atingiu os 45,64% e três vereadores. O PCP-PEV obteve 1%.
 

Nas eleições marcadas para dia 26 de setembro candidatam-se Francisco Alves (PS), Manuel Teixeira (PSD) e Jorge Machado (Independentes por Cabeceiras).

Deixa o teu comentário