Braga, quinta-feira

Gil Vicente quer impor jogo e vencer na Madeira - Ricardo Soares

Desporto

03 Maio 2021

Lusa

O treinador Ricardo Soares disse hoje que o Gil Vicente quer "impor" o seu futebol e vencer na deslocação de quarta-feira à Madeira, para defrontar o Marítimo, na abertura da 31.ª jornada da I Liga portuguesa.

O treinador Ricardo Soares disse hoje que o Gil Vicente quer "impor" o seu futebol e vencer na deslocação de quarta-feira à Madeira, para defrontar o Marítimo, na abertura da 31.ª jornada da I Liga portuguesa.

Apesar de ter perdido o último jogo fora de casa, diante do Belenenses SAD (2-1), a formação de Barcelos venceu os três anteriores, Vitória de Guimarães (4-2), Rio Ave (2-0) e Benfica (2-1), querendo dar continuidade a essa tendência recente na Madeira.

"Nos quatro últimos jogos fora, ganhámos três, marcámos em quatro. Sinto a equipa bem e vamos à Madeira para conquistar pontos. Queremos impor o nosso jogo. Ao impormos o nosso jogo, estamos mais próximos do nosso objetivo, que é vencer", realçou o técnico gilista, na antevisão ao jogo agendado para as 19:00, no Funchal.

Apesar dos números recentes serem melhores fora do que em casa, condição na qual os 'galos' somaram quatro pontos nos últimos quatro desafios, Ricardo Soares considerou que a "qualidade de jogo" do seu grupo é idêntica "independentemente do adversário" e do local onde se desenrola o jogo.

Com dois conjuntos na luta pela manutenção, já que os insulares ocupam o 12.º lugar, com 33 pontos, e os minhotos o 13.º, com 32, o duelo é, na perspetiva do 'timoneiro' gilista, "decisivo" para as aspirações da sua equipa neste campeonato.

"Todo o próximo jogo é decisivo para nós. Já era assim há cinco ou seis jogos. À medida que vamos caminhando para o final, há um conjunto de várias equipas separadas por poucos pontos [na luta pela manutenção]. O jogo é decisivo, porque queremos conquistar pontos", esclareceu.

O treinador reconheceu ainda que o Gil Vicente, na quarta-feira, vai encontrar uma "equipa moralizada" pela "recuperação dos últimos jogos", consumada com três vitórias consecutivas pela "margem mímima", o que, a seu ver, demonstra um opositor "eficaz a defender".

Mesmo com os sucessos em reduto alheio, o Gil Vicente tem um ponto conquistado nas últimas três partidas e um golo marcado, precisamente com o Belenenses SAD, mas Ricardo Soares frisou que, por vezes, é difícil explicar a ineficácia, valorizando as bolas aos ferros nos últimos jogos e a "capacidade para se criarem situações de finalização".

Sem esclarecer se o avançado Pedro Marques está apto para o duelo com os 'verde-rubros', após se ter lesionado na receção ao Farense (0-0), o treinador justificou ainda a aposta recente de Vítor Carvalho na posição mais recuada do meio campo, com o que oferece na capacidade de "preenchimento dos espaços", na "intensidade" e até na estatura, para a disputa de bolas aéreas.

O treinador aproveitou também a ocasião para felicitar o Gil Vicente, emblema fundado a 03 de maio de 1924, pelo 97.º aniversário.

"Que continue com esta força e com esta saúde por muitos e longos anos. É um clube que faz falta ao futebol, que privilegia os valores humanos. Que continue com esta forma de estar", disse.

O Gil Vicente, 13.º classificado da I Liga, com 32 pontos, defronta o Marítimo, 12.º, com 33, em jogo da 31.ª jornada, agendado para as 19:00 de quarta-feira, no Estádio do Marítimo, no Funchal.

Deixa o teu comentário