Braga, quarta-feira

Gisela João no Theatro-Cinema de Fafe dia 20 de Junho

Regional

15 Junho 2020

Redação

PROJECTO REGRESSO AO FUTURO | Espetáculo a favor do Fundo de Solidariedade para a Cultura e da Gestão dos Direitos dos Artistas

Após um interregno na Programação Cultural procado pela pandemia COVID-19, o Teatro Cinema de Fafe volta a ligar o som e a acender as luzes para acolher o concerto da Fadista Gisela João, este sábado, às 21H30. Realizado com a parceria do Município de Fafe, o espetáculo insere-se no projecto nacional "Regresso ao Futuro".

"Regresso ao Futuro" reafirma a vocação decisiva dos Teatros Municipais para a sustentailidade de uma industria cultural em Portugal e a sua importante contribuição para a circulação artística, agindo como um catalisador de esperanca, resiliencia e confianca para o publico, sempre dentro das regras sanitarias em vigor.

É, simultaneamente, também um acontecimento solidário que mobiliza os Teatros Municipais, os artistas, as equipas técnicas, as equipas de produção e o público numa frente comum que culmina na entrega das receitas de bilheteira ao Fundo de Solidariedade para a Cultura, criado pela Audiogest (Associação que representa produtores musicais) e GDA (Gestão dos Direitos dos Artistas), destinado a todos os profissionais dos setores das artes.

O objetivo deste fundo é apoiar financeiramente, até ao limite das disponibilidades, profissionais (incluindo profissionais independentes e trabalhadores) do setor cultural, que se encontram a braços com uma crise sem precedentes, tantos deles arredados dos apoios públicos, precisamente fruto da precariedade estrutural do setor.

Tratar-se-á, não de um apoio à produção, mas de um verdadeiro auxilio solidário de emergência que procurará dar prioridade àqueles que têm maiores necessidades económicas. Em determinadas condições poderão ser apoiadas algumas empresas do setor, sempre com o objetivo e condição da manutenção dos postos de trabalho.

Recorde-se que os bilhetes estão à venda na ticketline, sendo, desta vez, o número de lugares reduzido, de acordo com as indicações da Direção-Geral de Saúde. Neste espetáculo, o público é também convidado a levar alimentos não perecíveis para entrega nos Teatros, que serão recolhidos e distribuídos pela União Audiovisual junto dos profissionais dos setores das artes que se encontram em situação de maior vulnerabilidade alimentar.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho