Braga,

Grande Prémio da Literatura dst atribuído ao poeta Fernando Guimarães

Diversos

04 Novembro 2020

Redação

Cerimónia de entrega do galardão está agendada para hoje, no Theatro Circo, pelas 18 horas. Segue-se a inauguração da obra comemorativa dos 25 de história deste prémio, um multi-painel de azulejos de JAS, localizado no?Largo S. João do Souto.

O dstgroup entrega hoje o galardão da edição comemorativa dos 25 anos do Grande Prémio da Literatura dst ao poeta Fernando Guimarães, pelo seu livro ‘Junto à Pedra’.


A cerimónia está agendada para as 18 horas, no Theatro Circo, num evento que contará com a presença do vencedor, de José Manuel Mendes, vencedor do júri do XXV Grande Prémio de Literatura dst, e de José Teixeira, presidente con Conselho de Administração do grupo dstgroup. A ministra da Cultura, Graça Fonseca, e o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, marcarão presença na cerimónia via streaming.
 

Este ano, em que se reconhece a poesia, a cerimónia terá início no Theatro Circo e segue para o Largo S. João do Souto, onde será inaugurada a obra comemo-rativa dos 25 anos de história do Grande Prémio de Literatura dst. ‘Um Segredo Guarda o Mundo’, 2020, é um multi-painel de azulejos assinado por JAS, João Alexandrino, que conta a história daquele que é já um dos mais reconhecidos e prestigiados prémios da literatura portuguesa. A obra, que será cedida à cidade pelo grupo empresarial liderado por José Teixeira, ficará no Largo de São João de Souto, onde, há alguns anos, se realiza a Feira do Livro de Braga, da qual o dsgroup é o principal mecenas.
 

A cerimónia cumpre o protocolo definido pela Direcção-Geral de Saúde, garantindo assim o conforto e a segurança necessários e exigidos. A transmissão em directo estará também assegurada, através das redes sociais, Facebook e Instragram, do dstgroup e da zet gallery.


“O brilho de uma construção poética semântica e formalmente airosa, renovado na sua matriz clássica e nos percursos ídeo-sensíveis já revelados ao longo de uma bibliografia deveras singular”, justificaram a escolha do júri, constituído por Vítor Manuel de Aguiar e Silva, enquanto presidente, José Manuel Mendes e Carlos Mendes de Sousa. O prémio, habitualmente no valor de 15 mil euros, ascenderá nesta edição que assinala um quarto de século a 25 mil euros.


A par da entrega do prémio e da inauguração da obra em espaço público criada pelo JAS, o dstgroup celebra as bodas de prata desta iniciativa com o roteiro artístico ‘Arte, Literatura e Comércio Local’, um circuito concebido pela zet gallery, que convidou 25 artistas a criar uma obra de arte inspirada em cada um dos livros e autores vencedores do Grande Prémio de Literatura dst. As obras de arte estão distribuídas por 25 estabelecimentos emblemáticos do comércio local bracarense, enformando um roteiro artístico que va- loriza a experimentação, a vivência do quotidiano e cria a oportunidade de levar a leitura e as artes plásticas para a economia local.
 

A propósito do 25 anos do Grande Prémio de Literatura dst, José Teixeira, presidente do dstgroup, considera que “nunca precisamos tanto, para o entendimento colectivo, de poesia para nos unirmos”.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho