Braga, sexta-feira

Guimarães lança plataforma digital para mostrar oferta cultural do concelho

Diversos

18 Março 2021

Lusa

Uma plataforma digital que disponibiliza o melhor que o concelho de Guimarães cria, produz e apresenta em termos artísticos foi hoje apresentada pela câmara local, assumindo-se assim como uma janela para o mundo.

Acessível em https://em.guimaraes.pt, a plataforma vai realizar transmissões em direto, agregar espetáculos e diretório de artistas e locais culturais.
 

Vai ser também a agenda digital institucional de Guimarães.
 

Neste momento, a plataforma tem já disponíveis mais de 30 espetáculos gravados ao longo dos últimos meses.
 

Em conferência de imprensa, o músico local Rui Sousa, do projeto Dada Garbeck, sublinhou a importância da plataforma, por ajudar a mostrar o trabalho dos artistas e, assim, abrir-lhes mais oportunidades de trabalho.
 

Uma visão partilhada pela vice-presidente da Câmara de Guimarães, Adelina Pinto, que revelou que, em março de 2020, no dealbar da pandemia, reuniu-se com os artistas do concelho e que a única coisa que estes lhe pediram foi “trabalho”.
 

“Foi isso que fizemos ao longo deste ano, demos-lhes trabalho, investimos em gravações de muita qualidade, que agora estão disponíveis na plataforma, para que possam ser vistas em todo o mundo”, referiu.
 

A plataforma inclui ainda um diretório sobre a história e a carreira os artistas do concelho, além de informação sobre tudo o que de mais importante há para ver em Guimarães.
 

Na secção “Destaques”, o público fica a saber quais os principais eventos que estão em agenda.
 

Um dos destaques é, atualmente, a quinta edição do Festival Internacional de Música Religiosa de Guimarães, que vai decorrer entre 27 de março e 03 de abril, com um total de sete concertos em igrejas da cidade.
 

Por causa da pandemia, os concertos serão previamente gravados, sempre depois apresentados em formato digital, através da plataforma hoje apresentada.
 

A programação do festival inclui oratórias, paixões, missas e salmos, entre outras obras.

Deixa o teu comentário