Braga, quarta-feira

História da ceramista Rosa Ramalho contada em livro ilustrado

Diversos

20 Janeiro 2023

Lusa

A vida da ceramista Rosa Ramalho é contada num livro ilustrado para os mais novos, intitulado "Fui eu, quem é que havia de ser?", a editar este mês pela Imprensa Nacional.

O livro foi escrito por Rita Canas Mendes e ilustrado por Sebastião Peixoto e é o mais recente volume da coleção "Grandes Vidas Portuguesas", que a Imprensa Nacional criou com a editora Pato Lógico.
 

A obra recupera "a história fascinante de Rosa Ramalho, a menina que nasceu no seio de uma família muito humilde da zona de Barcelos, fez do barro a sua arte e, um dia, foi distinguida pelo Presidente da República".
 

Rosa Ramalho nasceu em 1888, morreu em 1977 e é considerada uma das figuras de referência da olaria tradicional portuguesa.
 

"Quase 50 anos após o seu desaparecimento, a arte de Rosa Ramalho continua a alimentar o imaginário artístico nacional e, muito graças a ela, Barcelos tornou-se na primeira cidade em Portugal e na Península Ibérica a integrar a rede mundial de Cidades Criativas da UNESCO", lê-se na nota de imprensa.

Deixa o teu comentário