Braga, segunda-feira

Historiadora de arte Marta Mestre é a nova curadora do CIAJG de Guimarães

Regional

04 Setembro 2020

Redação

A curadora Marta Mestre foi hoje anunciada como nova curadora-geral do Centro Internacional das Artes José de Guimarães (CIAJG), de Guimarães, na conferência de imprensa de apresentação da programação dos equipamentos culturais da cidade.

A curadora Marta Mestre foi hoje anunciada como nova curadora-geral do Centro Internacional das Artes José de Guimarães (CIAJG), de Guimarães, na conferência de imprensa de apresentação da programação dos equipamentos culturais da cidade.

Segundo Ricardo Freitas, diretor-executivo de A Oficina, que gere os equipamentos culturais de Guimarães, Marta Mestre foi escolhida entre 26 candidatos, todos com “excelentes currículos”.

Marta Mestre vai substituir Nuno Faria, que esteve no cargo durante seis anos, mas que em 2019 assumiu a curadoria do Museu da Cidade, no Porto.

O processo com vista à substituição começou em janeiro, mas sofreu entretanto uma interrupção por causa da pandemia de covid-19.

Natural de Beja e atualmente a residir em Lisboa, Marta Mestre manifestou hoje a sua intenção de se mudar para Guimarães, sublinhando a importância da “proximidade” para conhecer e trabalhar com o tecido artístico local.

A nova curadora prometeu um “um programa de continuidade mas também de mudança”, tendo sempre como premissa a qualidade internacional.

“O que vem aí vai continuar a trazer novidades”, referiu.

Licenciada em Historia da Arte pela Universidade de Lisboa, com mestrado em Cultura e Comunicacao/Museologia pela Universidade de Avignon, em França, foi curadora do Instituto Inhotim, em Minas Gerais (2016-2017), curadora-assistente do Museu de Arte Moderna, do Rio de Janeiro (2010-2015), curadora-convidada e professora da Escola de Artes Visuais Parque Lage, também no Rio de Janeiro, em 2016.

Em Portugal, entre outras atividades, foi curadora do Centro de Artes de Sines (2005-2008).

Foi distinguida no âmbito do Laboratorio Curatorial da Bienal de Arte de Sao Paulo 2012, de acordo com o Portal Pipa dedicado ao setor da arte contemporânea, no Brasil.

O CIAJG, resultante da Guimarães - Capital Europeia da Cultura, em 2012, é um museu que, além do acervo do artista plástico José de Guimarães, inclui também um programa de exposições temporárias de arte contemporânea.

O nome de Marta Mestre foi anunciado na conferência de imprensa de apresentação do programa cultural, até ao final do ano, de A Oficina, a entidade responsável a entidade pelos equipamentos culturais municipais de Guimarães, entre os quais o CIAGJ.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho