Braga, quarta-feira

Homem acusado pelo Ministério Público de 12 roubos em Braga entre 2019 e 2020

Regional

14 Julho 2020

Redação

Um homem foi acusado pelo Ministério Público (MP) de, entre novembro de 2019 e janeiro de 2020, ter praticado 12 roubos em Braga, usando seringas, facas ou x-atos para ameaçar os proprietários de lojas comerciais, adiantou hoje a Procuradoria-Geral Distrital (PGD) do Porto.

Um homem foi acusado pelo Ministério Público (MP) de, entre novembro de 2019 e janeiro de 2020, ter praticado 12 roubos em Braga, usando seringas, facas ou x-atos para ameaçar os proprietários de lojas comerciais, adiantou hoje a Procuradoria-Geral Distrital (PGD) do Porto.

Além dos 12 roubos, dos quais nove qualificados e três simples, sendo que dois deles são na forma tentada, o arguido está ainda acusado de um crime de furto qualificado, referiu.

Durante esse período, o suspeito assaltou 11 espaços comerciais, nomeadamente cinco postos de abastecimento de combustíveis e seis estabelecimentos comerciais e tentou, em duas ocasiões, fazer mais dois, sustentou.

Nestes assaltos, e segundo a acusação, o arguido usava um x-ato, seringa ou faca para ameaçar os empregados e exigir a entrega de bens e valores, tendo num dos casos aproveitado a ausência da funcionária para se apropriar do dinheiro existente na caixa.

No total, o arguido apropriou-se de 2.848 euros, referiu.

O MP descreve ainda que o suspeito tentou assaltar, em 19 de novembro de 2019, uma mulher na rua e, em 01 de janeiro de 2020, um posto de abastecimento de combustíveis, ambos fracassados por resistência das vítimas.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho