Braga, segunda-feira

Homem que morreu atingido por balona em Amares sem credencial para lançar fogo

Regional

26 Dezembro 2019

Lusa

O homem de 58 anos que morreu na madrugada de hoje em Ferreiros, Amares, distrito de Braga, atingido por uma balona, não tinha credencial para o lançamento de fogos-de-artifício, disse fonte da GNR à Lusa.

Segundo a fonte, a vítima “não tem qualquer ligação” à empresa responsável pelo lançamento de fogo no local, no âmbito das festas de Santa Luzia.
 

“A vítima estaria apenas a ajudar”, sublinhou a fonte.
 

Acrescentou que o lançamento de fogo estava “devidamente licenciado”.
 

Os factos vão ser remetidos para tribunal.
 

Um homem de 58 anos morreu hoje, pouco depois das 00:00, quando lançava fogo-de-artifício e foi atingido por um engenho explosivo, disse fonte dos bombeiros.
 

A fonte disse que terá havido algum problema nas balonas, já que uma não terá subido e a vítima foi ver o que se passava, sendo atingida na cabeça pelo rebentamento.
 

Bombeiros e uma viatura médica de emergência e reanimação estiveram no local, para socorrer a vítima, mas sem sucesso.
 

O óbito acabou por ser declarado no local.

Deixa o teu comentário