Braga, sexta-feira

Investigador da Universidade do Minho integra painel de revisores da NASA

Regional

05 Julho 2021

Lusa

O presidente da Escola de Engenharia da Universidade do Minho (EEUM), Pedro Arezes, foi convidado a integrar o painel de revisores da NASA para propostas de investigação sobre as missões humanas no espaço, anunciou hoje aquela academia.

Em comunicado, a Universidade do Minho (UMinho) sublinha que Pedro Arezes é o único português entre os 60 cientistas de todo o mundo que integram aquele painel.
 

Catedrático de Engenharia Industrial, Pedro Arezes é também diretor nacional do Programa MIT Portugal.
 

No comunicado, a UMinho explica que o convite para integrar o painel de revisores da NASA surge também na sequência do envolvimento de Pedro Arezes num trabalho conjunto com o MIT sobre o desenho de fatos espaciais em missões de longa duração, como a missão tripulada a Marte.
 

O painel de revisores do programa HERO (Human Exploration Research Opportunities) visa avaliar propostas submetidas à NASA para o seu programa de investigação da componente humana na exploração espacial.
 

O Programa de Investigação da Componente Humana (designado por HRP) investiga e mitiga os maiores riscos para a saúde e desempenho humanos, fornecendo medidas preventivas e tecnologias essenciais para a exploração humana do espaço.
 

Os riscos considerados incluem quer os efeitos fisiológicos, quer os efeitos no desempenho resultantes da exposição a fatores de risco como a radiação espacial, as oscilações de gravidade e os ambientes extremos, assim como os desafios singulares no apoio médico às missões, os fatores humanos e o desempenho comportamental em missão.
 

“É um convite que muito me honra. Pese embora o meu contributo ser limitado, saber que temos uma palavra a dizer no futuro da investigação espacial e das missões espaciais é algo que me motiva especialmente”, diz Pedro Arezes, citado no comunicado.
 

O grupo de investigação em Ergonomia e Fatores Humanos da EEUM, que coordena, tem vindo a desenvolver vários projetos ligados à segurança e saúde dos trabalhadores.
 

“É muito gratificante saber que estes projetos contribuirão para minimizar os riscos que os astronautas terão de enfrentar nas próximas missões espaciais, quer nas missões de volta à Lua, quer na tão desejada primeira missão espacial a Marte”, sublinha.
 

Pedro Arezes, natural de Barcelos e a viver em Guimarães há mais de 30 anos, tem 48 anos e é doutorado em Engenharia de Produção e Sistemas pela UMinho.
 

Desde 2019 é presidente da EEUM, onde é professor catedrático de Ergonomia e Fatores Humanos.
 

Desenvolveu trabalhos de pós-doutoramento na TU Delft (Holanda), MIT e Universidade de Harvard (EUA).
 

É, desde 2016, diretor do Programa MIT-Portugal.
 

Há mais de 15 anos que lidera o grupo de investigação em Ergonomia & Fatores Humanos no Centro Algoritmi, onde coordenou e colaborou em mais de 50 projetos de I&D, é autor de mais de 130 artigos em revistas científicas internacionais indexadas, tendo sido premiado ao longo da sua carreira em vários países, como Portugal, Estados Unidos da América, Espanha, Brasil e Turquia.

Deixa o teu comentário