Braga, sexta-feira

Invicto Portugal venceu nas duas últimas duas visitas a Belgrado

Desporto

25 Março 2021

Lusa

A seleção portuguesa de futebol está invicta face à Sérvia e venceu nas duas últimas deslocações em Belgrado, onde no sábado disputa o encontro da segunda jornada do Grupo A europeu de apuramento para o Mundial de 2022.

Em seis embates de apuramento para o Europeu, mais precisamente para as edições de 2008, 2016 e 2020, a última adiada para este ano, Portugal soma três vitórias e outros tantos empates, com 11 golos marcados e sete sofridos.
 

O primeiro encontro aconteceu em 28 de março de 2007, em Belgrado, onde, anteriormente, a formação das ‘quinas’ já se tinha deslocado, mas para defrontar a Jugoslávia, face à qual Portugal disputou cinco encontros.
 

Face à Sérvia, essa foi, porém, a estreia e Portugal começou da melhor forma, ao adiantar-se no marcador logo aos cinco minutos, com um golo de fora da área de Tiago, que iniciou a época 2020/21 como treinador do Vitória de Guimarães.
 

Os sérvios viriam a chegar à igualdade (1-1) ainda na primeira parte, mais precisamente aos 37 minutos, com um tento de Bosko Jankovic, e, depois, tiveram no ex-guarda-redes ‘leonino’ Vladimir Stojkovic a grande figura.
 

Quase meio ano depois, em 12 de setembro de 2007, em Alvalade, o resultado viria a repetir-se, num encontro que ficou marcado por uma agressão do então selecionador luso, o brasileiro Luiz Felipe Scolari, ao jogador sérvio Dragutinovic.
 

Depois de Ivanovic ‘anular’, em posição irregular, aos 87 minutos, o livre direto de Simão Sabrosa, aos 11, o final do jogo foi tenso, com ‘Felipão’ no epicentro de grande confusão, nas suas palavras para “defender o menino” Ricardo Quaresma.
 

Os dois conjuntos voltaram a encontrar-se na fase de apuramento para o Europeu de 2016 e, uma vez mais, os resultados foram iguais, só que, desta vez, traduzidos em dois triunfos da formação das ‘quinas’ por 2-1, primeiro na Luz e depois em Belgrado.
 

Os já comandados de Fernando Santos ganharam em casa com tentos de Ricardo Carvalho e Fábio Coentrão, com o ex-benfiquista Matic a faturar pelo meio, e, já apurados, na capital sérvio com golos de Nani e João Moutinho, ‘intermediados’ por Zoran Tosic.
 

Portugal e a Sérvia também ficaram emparelhados no mesmo grupo de apuramento para o Euro2020, adiado para 2021, e, na Luz, a seleção lusa somou novo empate a um golo.
 

O encontro começou muito mal para a formação das ‘quinas’, primeiro com o golo da Sérvia, apontado de grande penalidade por Dusan Tadic, logo aos sete minutos, e depois com a lesão de Cristiano Ronaldo, que teve de ser substituído aos 30.
 

Portugal conseguiu, no entanto, chegar à igualdade ainda antes do intervalo, mais precisamente aos 42 minutos, através de um golo ‘monumental’ de Danilo Pereira, que depois de ter ficado fora dos 23 eleitos para o Azerbaijão, deve regressar face aos sérvios.
 

O até agora último encontro realizou-se em 07 de setembro de 2019 e foi o que rendeu mais golos, com Portugal a impor-se em Belgrado por 4-2.
 

William Carvalho (42 minutos), Gonçalo Guedes (58), Cristiano Ronaldo (80) e Bernardo Silva (86) marcaram os tentos da seleção portuguesa, enquanto Milenkovic (68) e Aleksandar Mitrovic (85) apontaram os tentos dos anfitriões.
 

O sétimo encontro entre as seleções principais de Portugal e da Sérvia, da segunda jornada do Grupo A europeu de apuramento para o Mundial de 2022, realiza-se no sábado, pelas 19:45 (em Lisboa), no Estádio Rajko Mitic, em Belgrado.

Deixa o teu comentário