Braga, sábado

Ivo Vieira acredita numa boa resposta do Famalicão frente ao "supermotivado" Gil Vicente

Desporto

21 Abril 2021

Lusa

O treinador do Famalicão mostrou-se hoje confiante numa boa resposta da equipa frente a um supermotivado o Gil Vicente, na 28.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

O treinador do Famalicão mostrou-se hoje confiante numa boa resposta da equipa frente a um “supermotivado” o Gil Vicente, na 28.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

Ivo Vieira acredita que o impacto da derrota frente ao Portimonense não terá relevância para o desempenho no próximo jogo, apesar poder encontrar pela frente um "Gil Vicente supermotivado pela vitória frente ao Benfica".

"Sabemos que, quando não se ganha, há sempre um sentimento de tristeza. Cabe-nos tentar desmistificar e alterar o estado dos atletas. Não podemos pôr em causa aquilo que foi feito nos últimos quatro jogos e que foi bom e que procurávamos dar continuidade”, disse.

Ivo Vieira acredita que os famalicenses vão “encontrar sempre dificuldades, mas o mais importante é o foco e a confiança” que pode levar para o próximo jogo.

“Isso é o que faz parte do nosso dia a dia, ultrapassando aquilo que foi um momento menos conseguido. Mas nunca colocando em causa o que foi feito num passado recente, que foi bom e vamos procurar que seja mais recorrente a situação anterior do que esta última", referiu o treinador.

O treinador famalicense acredita numa boa reação da sua equipa no jogo em casa do Gil Vicente e garante que o importante é o que os seus jogadores podem fazer.

"Temos de olhar para o que podemos fazer. É verdade que o último jogo não nos correu de feição em termos de resultado, mas a equipa teve um bom comportamento no que diz respeito ao empenho e trabalho. Não fomos competentes o suficiente em relação à tomada de decisão no último terço”, referiu.

Ivo Vieira lembrou que, frente ao Portimonense, o Famalicão conseguiu “muito volume de jogo ofensivo”, mas não conseguiu “criar oportunidades de golo”.

“O importante é alavancar estes momentos e conseguir mandar no jogo perante um adversário que, é verdade, está supermotivado porque ganhou ao Benfica, mas nós também temos as nossas armas e a nossa estratégia para poder contrariar essa mais-valia do adversário e esse momento mais feliz deles", afirmou.

O treinador diz que o essencial é a sua equipa fazer o que pode, porque “vale zero” ficar “a olhar para os outros e ver o que fazem” e não conseguir cumprir os seus objetivos, “que é ganhar a cada jogo”.

O Famalicão, na 15.ª posição do campeonato, com 27 pontos, desloca-se na quinta-feira, às 17:00, a Barcelos para defrontar o Gil Vicente, no 11.º lugar, com 31 pontos, numa partida da 28.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

Deixa o teu comentário