Braga, sexta-feira

João Granja anuncia saída da Assembleia Municipal de Braga

Regional

27 Junho 2021

Marlene Cerqueira Marlene Cerqueira

Líder da bancada do PSD anunciou que não vai ser candidato a deputado municipal nas próximas autárquicas, deixando a Assembleia Municipal a que pertenceu nos últimos 35 anos.

João Granja, o carismático líder da bancada parlamentar do PSD, anunciou anteontem, em sessão ordinária da Assembleia Municipal, que vai deixar de ser deputado municipal no final deste mandato.


Naquela que confessou ser a sua “mais difícil intervenção produzida” naquele órgão, Granja despediu-se “ao fim de 35 anos de dedicação, desde os 23, a esta causa pública que é ser- vir a comunidade e os bracarenses na Assembleia Municipal”. Lembrou ainda que o fez sempre pro bono, pois “as magras senhas de presença são doadas ao partido”.


A decisão de deixar a Assembleia Municipal foi tomada “por vontade própria”, garantiu, e “sem prevenir ninguém” para que não o demovessem.
 

 “Acredito e defendo a renovação e não nos podemos eternizar nas funções. Temos de dar lugar aos outros, aos jovens, a novas ideias, novos protagonistas”, disse. Admite que “toda a despedida é uma dor”, mas faz esta despedida “com consciência e certo do dever cumprido”.


Referiu ainda que “a Assembleia Municipal é muitas vezes atacada e maltratada como órgão autárquico de natureza parlamentar”, o que acontece “na maior parte dos casos por ignorância de quem o faz, ou por desconhecerem aquela que é a sua principal característica, de verdadeira ‘casa do diálogo’ e o melhor espelho da Democracia no nosso concelho”, referindo, realçando que a Assembleia Municipal de Braga, “com todos os seus defeitos e limitações é uma das melhores do podemos e podemos orgulhar-nos dela”.


“Saio com o orgulho de ter contribuído, ainda que de forma modesta, para esta realidade que ainda tem muito para evoluir”, acrescentou.
 

“Feliz por não sair zangado com ninguém”, aproveitou para “pedir desculpa a alguém que ao longo destes anos, ou nalgum debate mais acesso, possa ter ofendido”.
 

 Granja assume que, ao longo de 35 anos, cresceu e aprendeu muito na Assembleia Municipal de Braga e não deixou mencionar aqueles que mais marcaram o seu percurso.


“Muita gente merece a minha admiração, a começar pela tripla maravilha do PCP, o Tarroso Gomes avô, o Raul Peixoto e o José Manuel Mendes”, assim como “o Manuel Sarmento, que liderou de forma ímpar e brilhante a bancada do PS, o Marcelino Pires, com quem tive o gosto de protagonizar bons debates”. A Jaime Lemos deixou uma palavra de especial apreço, lembrando que foi o seu “primeiro líder de bancada, um grande senhor”, e o “Dr. Domingues que cumpriu exemplarmente essas funções durante muitos anos”. Referiu ainda António Marques, que “foi sempre muito interventivo” e, por último, o “amigo Miguel Macedo”, a quem teve “a honra e a responsabilidade de suceder”.
 

“Guardarei grata recordação do Dr. Sousa Fernandes, do António Braga e da Hortense Santos que sempre presidiram à Assembleia Municipal de Braga, cada um à sua maneira, mas sempre com elevação e um enorme espírito de serviço”, acrescentou.
 

 Manifestou-se ainda grato a todos os senhores deputados municipais, mas em particular, ao Pedro Borges Macedo, do PPM, ao António Lima do Bloco de Esquerda, à Bárbara Barros e ao Pedro Casinhas da CDU, ao João Medeiros do CDS-PP, ao João Nogueira e ao Pedro Sousa do PS pelo diálogo e pelo bom trabalho que desenvolvemos”.
 

Saudou ainda todos presidentes de Junta que com ele se cruzara, considerando-os “exemplos de dedicação e abnegação no serviço inestimável que prestam às suas comunidades e que nem sempre são reconhecidos”.


Deixou ainda uma palavra de apreço aos funcionários do PEB, agora Forum Braga, por toda a colaboração. Até os jornalistas mereceram referência, reconhecendo “que sofrem penitências pesadas em longas sessões que entram pela madrugada dentro”.


A palavra final foi para os colegas de bancada e para deixar a promessa que estará “por aí” sempre “a apoiar a Coligação ‘Juntos por Braga’ e o Ricardo Rio”.
 

Ricardo Rio: “O melhor e mais dedicado deputado municipal”
 

Após anuncia a sua despedida, no rematar do período antes da Ordem do Dia, João Granja foi alvo de um forte aplauso por parte dos membros da assembleia num reconhecimento pelo seu percurso naquele órgão. O presidente da Câmara Municipal, Ricardo Rio, reagiu ao anúncio de João Granja quase de imediato, através das redes sociais: “anunciou hoje a sua despedida destas lides, no final deste mandato, aquele que foi o melhor e mais dedicado deputado municipal que Braga conheceu em democracia”, escreveu Rio. Também o socialista João Nogueira fez questão de elogiar o desempenha de Granja na assembleia, realçando que “vai fazer falta ao combate político” e reconhecendo que as suas intervenções enriqueceram sempre o debate político.

Deixa o teu comentário