Braga, sexta-feira

João Pedro Sousa diz que é 'obrigatório sair da posição' que o Famalicão ocupa

Desporto

28 Janeiro 2021

Redação

O treinador do Famalicão advertiu hoje que "é obrigatório sair da posição" que a equipa ocupa na I Liga portuguesa de futebol e mostrou-se confiante que isso vai acontecer rapidamente.

O treinador do Famalicão advertiu hoje que "é obrigatório sair da posição" que a equipa ocupa na I Liga portuguesa de futebol e mostrou-se confiante que isso vai acontecer rapidamente.

João Pedro Sousa está preocupado com o 15.º lugar na prova, mas não tanto com o eventual mau estado do relvado do Nacional, onde os minhotos jogam no próximo sábado, em jogo da 16.ª jornada do campeonato.

"Tem que haver um limite para mudarmos a nossa forma de jogar e de atacarmos o jogo. Não faz sentido mudarmos tudo [por causa do relvado]. Claro que há pormenores que temos que alterar, como exemplo, posso dar o jogo dos Açores, com o Santa Clara, também num campo muito difícil. Mas não abdicamos de chegar a certos pontos do terreno. Espero um bom jogo, as condições climatéricas serão favoráveis e vamos jogar perante uma equipa muito difícil", garantiu o técnico, em conferência de imprensa.

O treinador da equipa famalicense revelou-se insatisfeito com o número de golos sofridos pela sua equipa e garantiu que esse é um dos cenários a trabalhar.

"Inquieta-nos esse registo e o número de amarelos que temos no campeonato. Não é uma crítica à arbitragem, mas sim à forma como defendemos, se calhar com alguma imaturidade e as coisas estão relacionadas. Se calhar, por termos tantos problemas defensivos é que não marcamos mais golos. Também temos que melhorar no plano ofensivo, pois está tudo interligado. Temos que identificar os erros, para podermos evoluir como equipa", disse.

Relativamente ao mercado de transferências, João Pedro Sousa acredita que o plantel se reforçou da melhor forma.

"O clube fez um esforço muito grande e conseguimos garantir jogadores importantes que vieram acrescentar quantidade e qualidade ao plantel. Se não entrar mais ninguém, estamos satisfeitos", concluiu.

O Famalicão, em 15.º lugar, com 14 pontos, desloca-se à Madeira, para defrontar o Nacional, que ocupa a 14.ª posição, com os mesmos pontos, num encontro da 16.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

Deixa o teu comentário