Braga, quarta-feira

João Pedro Sousa diz que jogo com Braga terá grau de dificuldade semelhante ao do FC Porto

Desporto

17 Junho 2020

Redação

O treinador do Famalicão, João Pedro Sousa, admitiu hoje estar à espera de um jogo "com um grau de dificuldade semelhante ao do FC Porto" frente ao Sporting de Braga, na jornada 27 da I Liga de futebol.

O treinador do Famalicão, João Pedro Sousa, admitiu hoje estar à espera de um jogo "com um grau de dificuldade semelhante ao do FC Porto" frente ao Sporting Clube de Braga, na jornada 27 da I Liga de futebol.

"É um jogo seguramente muito difícil para nós, com um grau de dificuldade muito semelhante ao do FC Porto. O Braga é extremamente forte, com dinâmicas muito desequilibradoras e uma capacidade individual também forte. No entanto, preparámos bem o jogo, tivemos uma boa semana de trabalho e estamos preparados para tentar vencer", referiu.

O Treinador considerou que "o Sporting Clube de Braga é das equipas mais fortes do campeonato, tem um dos plantéis com mais qualidade, e luta por objetivos muito ambiciosos, ou seja, os primeiros lugares da classificação há uma série de anos”.

“É certo que vem de uma série de resultados negativos, mas isso não nos tira a concentração", admitiu.

João Pedro Sousa garante que não se deixa deslumbrar pelo bom momento que o Famalicão atravessa, chegando mesmo a desvalorizar a situação.

"O grupo de trabalho do Famalicão não vive sobre os resultados. Estivemos muito tempo em primeiro lugar e nunca ninguém nos viu em bicos de pés. Também estivemos seis jogos sem ganhar e ninguém nos viu em depressão", lembrou.

O técnico famalicense, que antes da paragem do campeonato se mostrou preocupado com o número de golos sofridos pela sua equipa, mostrou-se agora satisfeito por ver esse número diminuir.

"Não escondo que tentámos encontrar um equilíbrio, o que é certo é que a nossa média de golos sofridos baixou e tem a ver com as rotinas e o nosso trabalho. A equipa está a evoluir e vamos encontrar um ponto de equilíbrio, não deixando de marcar e de fazer o jogo ofensivo que pretendemos. Mas, por outro lado, tentámos ser mais eficazes no processo defensivo", assumiu.

Sobre as ausências de Pedro Gonçalves e Fábio Martins, João Pedro Sousa assumiu a importância de ambos na equipa, mas revelou-se tranquilo com as opções que tem para esses lugares.

"São dois jogadores muito importantes para nós. Os jogadores que vão entrar poderão ser seguramente um dos responsáveis pela qualidade e rendimento do Pedro Gonçalves e do Fábio Martins. O rendimento deles tem a ver com o trabalho e com os restantes jogadores que obrigam que o Pedro e o Fábio trabalhem no máximo. Temos excelentes profissionais a trabalhar todos os dias da melhor forma como o Ofori, o Guga, o João Neto ou o Walterson. Um deles vai jogar e estou tranquilo relativamente a isso. O Gustavo também está recuperado da lesão, vai estar disponível para o jogo", esclareceu ainda.

O treinador do Famalicão falou ainda da situação do guarda-redes Defendi, que no último jogo ficou de fora devido a ter acusado positivo num teste da covid-19.

"Ele hoje, da parte da manhã, fez novo teste e certamente que vai dar negativo e conto tê-lo disponível o mais rápido possível", frisou.

Questionado sobre o facto de poder assumir a luta do Famalicão por um lugar na Europa, João Pedro Sousa revelou-se cauteloso, mas confiante.

"Até esta jornada estivemos muito tempo dentro dos cinco primeiros classificados. E por mérito próprio. Portanto, pensamos em lutar pela vitória e isso será sinónimo de ficarmos, no mínimo, na posição em que estamos", concluiu.

O Famalicão, no quinto lugar, com 43 pontos, recebe esta sexta-feira o Sporting Clube de Braga, em terceiro, com 46, numa partida da jornada 27 da I Liga de futebol.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho