Braga, quinta-feira

João Pedro Sousa diz que seria um dissabor Famalicão falhar competições europeias

Desporto

16 Julho 2020

Redação

O treinador do Famalicão, João Pedro Sousa, disse hoje que seria "um dissabor falhar o acesso às competições europeias", numa altura em que faltam apenas duas jornadas para o final da I Liga de futebol.

O treinador do Famalicão, João Pedro Sousa, disse hoje que seria "um dissabor falhar o acesso às competições europeias", numa altura em que faltam apenas duas jornadas para o final da I Liga de futebol.

O técnico recordou, inclusive, que os minhotos podem até chegar ao quarto lugar, mas que a ambição mínima, para já, é manter o quinto posto que ocupam, garantindo, assim, uma inédita ida às provas europeias.

"Estamos no quinto lugar, até podemos chegar ao quarto, seria um dissabor perder o quinto lugar. Sabemos que se o mantivermos temos uma classificação europeia, mas neste momento queremos ocupar o lugar em que estamos, isto se não conseguirmos subir mais um", frisou o treinador em conferência de imprensa de antevisão da partida com o Boavista.

João Pedro Sousa frisou ainda que na próxima partida, frente ao Boavista, não haverá qualquer tipo de pressão extra ou carga emocional acrescida.

"É exatamente a mesma coisa. Temos noção da importância dos jogos e da classificação. Preparámos os jogos todos da mesma forma, com algumas variáveis, independentemente do adversário, estratégias diferentes, mas as unidades de treino não fogem do que aconteceu desde o início. Sabemos que a exigência é grande, a vontade de ganhar é a mesma e a responsabilidade também", disse ainda.

O técnico famalicense explicou que a gestão para conseguir chegar a este momento nesta posição foi feita desde o início.

"A gestão deste momento começámos a fazê-la antes do jogo com o Santa Clara, na primeira jornada. Temos de estar preparados para o sucesso e para o insucesso. Temos de ser equilibrados e isso aconteceu durante todo o ano. Tivemos períodos de menos sucessos, períodos bons, mas as expectativas foram sempre geridas com equilíbrio. Por isso é que as fases menos boas foram sempre curtas. O trabalho da semana foi o mesmo, não mudou em nada, o que sabemos é que estamos preparados para jogar e lutar pela vitória", concluiu.

O Famalicão, quinto classificado, com 52 pontos, recebe no sábado, às 21:15, o Boavista, no 12.º lugar, com 38, numa partida da 33.ª jornada da I Liga de futebol.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho