Braga, quinta-feira

João Pedro Sousa quer mostrar 'evolução' do Famalicão no duelo com Marítimo

Desporto

05 Novembro 2020

Redação

O treinador do Famalicão, João Pedro Sousa, garantiu hoje que a sua equipa "está a evoluir" e pretende mostrá-lo já na partida deste sábado, frente ao Marítimo, da I Liga portuguesa de futebol.

O treinador do Famalicão, João Pedro Sousa, garantiu hoje que a sua equipa "está a evoluir" e pretende mostrá-lo já na partida deste sábado, frente ao Marítimo, da I Liga portuguesa de futebol.

"Ainda só ganhámos uma vez, mas queremos fazê-lo mais vezes. A nossa grande preocupação é evoluirmos o nosso jogo. Sem isso, teremos muitas dificuldades no futuro, mesmo vencendo este jogo", analisou o técnico dos minhotos.

João Pedro Sousa reconheceu que "ainda há trabalho a fazer" nos processos defensivos da equipa, que tem sofrido vários golos em lances de bola parada, mas acredita que também nesse capítulo a equipa tem crescido.

"No último jogo, frente ao Sporting de Braga, só perdemos um lance de bola parada, que infelizmente deu golo. Há um sinal de evolução, mas temos a convicção que ainda não estamos onde podemos estar. É preciso melhorar", partilhou.

Sobre o compromisso deste sábado com o Marítimo, o técnico dos famalicenses apontou um adversário que é "forte e competitivo e assenta muito do seu jogo numa organização defensiva competente", mas prometeu uma equipa "focada na forma como vai desestabilizar o adversário".

"Queremos reduzir os golos sofridos, mas também atacarmos melhor. É um processo que está a decorrer de forma normal e desde início que fomos honestos e dissemos que estávamos atrasados. Da primeira jornada para a sexta há uma diferença de sete jogadores de um onze para o outro, devido a atletas que chegaram tarde ou como lesões. Foi um começo muito atípico", acrescentou João Pedro Sousa.

Sem poder contar com defesa central Ricielli, que tem de cumprir castigo, o treinador dos minhotos apontou como opções para o lugar Henrique Trevisan, Alexandre Penetra ou Diogo Queirós, alongando-se sobre o facto de ainda não ter promovido a estreia deste último.

"O Diogo Queirós chegou ao Famalicão e passado pouco tempo foi para a seleção sub-21. Agora foi outra vez chamado, e estará mais tempo a representar o país do que connosco. Precisamos de conhecê-lo melhor e ele conhecer mais a nossa forma de jogar, mesmo sendo um orgulho termos jogadores nas seleções", partilhou João Pedro Sousa.

Para este desafio com o Marítimo, o técnico dos minhotos não pode contar com o defesa Riccieli, expulso na última partida frente ao Sporting de Braga, e também com o avançado Anderson que ainda recupera de lesão.

O Famalicão, 12.º classificado com seis pontos, recebe este sábado o Marítimo, 11.º com sete, numa partida agendada para as 18:00, que terá arbitragem de Luís Godinho, da Associação de Futebol de Évora.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho