Braga, sábado

Jogadores do Sporting Clube de Braga mais soltos após regresso às vitórias - Custódio

Desporto

29 Junho 2020

Redação

Os jogadores do Sporting Clube de Braga estão "mais soltos" após o triunfo da última jornada, defendeu hoje Custódio Castro, na véspera da deslocação ao terreno do Rio Ave, da 29.ª jornada da I Liga de futebol.

Os jogadores do Sporting Clube de Braga estão "mais soltos" após o triunfo da última jornada, defendeu hoje Custódio Castro, na véspera da deslocação ao terreno do Rio Ave, da 29.ª jornada da I Liga de futebol.

O técnico admitiu os efeitos positivos da vitória (3-2) sobre o Vitória de Guimarães, na quinta-feira, que quebrou o ciclo negativo de três jogos sem vencer (duas derrotas e um empate).

"Senti a equipa feliz pelo que fez no último jogo, principalmente pelo resultado, senti-os mais soltos e também focados na recuperação, porque o tempo é curto para o próximo jogo", disse.

O treinador reconheceu a importância que o regresso às vitórias têm no estado anímico de uma equipa.

"Queremos ganhar sempre e quando isso não acontece a reação não é boa em termos de estado anímico. Vencemos o jogo, [mas] foram três pontos que já passaram, o importante é o que aí vem, um jogo difícil. Temos plena confiança na nossa qualidade e na nossa abordagem", disse.

Sobre o jogo com o Rio Ave, Custódio Castro disse esperar "um bom jogo entre duas equipas a procurar jogar um bom futebol, positivo e de ataque".

Em Vila do Conde, garantiu uma equipa bracarense a querer ter bola e a jogar um futebol de ataque, mas "bastante equilibrada", para ganhar a um adversário que está apenas a seis pontos de distância.

Custódio Castro referiu ainda que, com o desenrolar da competição, que esteve interrompida cerca de três meses devido à pandemia de covid-19, "sente, de uma forma geral, as equipas cada vez melhor fisicamente" e a do Braga "cada vez mais capaz".

"Somos uma equipa que gosta de ter bola, em que a gestualidade é importante, em que a dinâmica é fundamental, gostamos de pressionar e a parte física é fundamental na nossa ideia e forma de jogar", disse.

O treinador elogiou o Rio Ave, "uma belíssima equipa, que teve nove ou 10 jogos em perder, com um treinador com provas dadas, com grande experiência".

"O ‘mister' Carvalhal já era treinador e eu estava a começar a jogar", disse.

A lesão de Sequeira abre uma vaga no lado esquerdo da defesa dos ‘arsenalistas', mas Custódio Castro não quis desvendar se Pedro Amador, que substituiu o colega no final da partida diante dos vimaranenses, será titular.

"Temos várias hipóteses e o Pedro Amador é uma delas", disse apenas.

Sporting Clube de Braga, terceiro classificado, com 50 pontos, e Rio Ave, sexto, com 44, defrontam-se a partir das 21:30 de terça-feira, no Estádio do Rio Ave, em Vila do Conde, jogo que será arbitrado por Nuno Almeida, da associação do Algarve.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho