Braga, quarta-feira

Jogo grande a abrir as emoções

Desporto

19 Setembro 2020

Redação

Estão aí as emoções da I Liga versão 2020/21. O SC Braga dá o pontapé de saída na nova época, esta noite, no Estádio do Dragão, frente ao campeão em título FC Porto. Duelo está agendado para as 21 horas e é o jogo grande desta ronda inaugural do campeonato.

Estão aí as emoções da I Liga versão 2020/21. O SC Braga dá o pontapé de saída na nova época, esta noite, no Estádio do Dragão, frente ao campeão em título FC Porto. Duelo está agendado para as 21 horas e é o jogo grande desta ronda inaugural do campeonato.


Com um novo treinado no comando técnico, este SC Braga de Carlos Carvalhal apresenta-se em campo com ambição em alta, depois de uma pré-época positiva e apenas um desaire em oito testes de preparação. Guerreiros da era de Carvalhal vão ter uma imagem assente em três centrais, num 3x4x3 de boas memórias para os bracarenses, depois de ter sido o sistema táctico utilizado em grande parte da temporada transacta, que terminou com o terceiro lugar da Liga. A grande dúvida prende-se com Paulinho, que treinou limitado toda a semana e só à hora do jogo se saberá se entra no onze.


Pela frente, vai estar um FC Porto também motivado para a revalidação do título e com um saldo de apenas uma derrota na pré-época, mas cujo onze é uma espécie de mistério, já que os dragões realizaram todos os seis jogos à porta fechada e sem direito a transmissão televisiva.
 

Paulinho e Fransérgio em dúvida
 

Ainda sem convocados anunciados para o encontro desta noite - situação que vai manter-se, segundo o que foi anunciado ontem à comunicação social, durante toda a temporada, com o SC Braga a não pretender revelar, antecipadamente, a lista de jogadores convocados para cada encontro -, o que é certo é que uma das estrelas da companhia e das contratações mais sonantes de sempre dos Guerreiros do Minho, Nico Gaitán, não vai estar presente na partida, por se encontrar em recuperação - que será ainda longa (4 ou 5 semanas) - de uma lesão muscular nos isquiotibiais direitos, como foi confirmado por Carlos Carvalhal na conferência de imprensa, ontem realizada, de antevisão à partida com o Porto.
 

“O Gaitán está completamente fora. Está com uma lesão no mínimo para 4 ou 5 semanas. Lamento muito pelo jogador pela qualidade e humildade que tem, mas temos outros jogadores disponíveis e não nos podemos lamentar por uma ou outra ausência”, referiu o treinador dos Guerreiros do Minho.
 

 Carvalhal falou ainda de outras duas situações de jogadores que têm estado entregues ao departamento médico do clube, considerando que quer Paulinho, quer Fransérgio vão continuar em dúvida praticamente até à hora do duelo com os dragões.
 

“O Paulinho e o Fransérgio estão no mesmo enquadramento. Tiveram pequenas limitações, estão em dúvida até à hora do jogo e se calhar só em cima da hora do jogo é que vamos tomar uma decisão. O Paulinho já esteve hoje [ontem] no relvado, mas ontem não. Vamos analisar, avaliar, ver a evolução e depois tomar uma decisão quanto ao que podemos fazer. O que é certo é que são duas situações que vão ficar em suspenso quase até à hora do jogo”.


Quem também não será opção é o avançado Rui Fonte, que continua a trabalhar para debelar a grave lesão que o atingiu ainda durante a temporada passada.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho