Braga, terça-feira

José Manuel Fernandes destaca reforço do distrito e apela à união

Regional

11 Fevereiro 2020

Redação

José Manuel Fernandes destaca a afirmação dos militantes do distrito nos órgãos nacionais do PSD e lembra que todos devem contribuir para a união do partido, acima das ambições pessoais.

No rescaldo do 38.º Congresso Nacional do Partido Social Democrata (PSD), o líder da Comissão Política Distrital de Braga, José Manuel Fernandes, vem a público congratular-se pela forma como decorreu o Congresso, realçando a “expressiva representatividade do distrito nos órgão nacionais” do partido.

Em comunicado, José Manuel Fernandes começa por congratular e desejar “os maiores sucessos para todos os órgãos eleitos nacionais do partido”, sublinhando que o deputado e vice-presidente da Distrital de Braga, André Coelho Lima, passa a ser um dos vice-presidentes na nova Comissão Política.

Destaca igualmente a eleição do bracarense Rui Morais como vice-presidente da Comissão Nacional de Auditoria Financeira.

Num comunicado estruturado em cerca de uma dezena de pontos, José Manuel Fernandes realça a “forte dinâmica e participação activa de militantes do distrito de Braga” nesta Congresso que decorreu em Viana do Castelo. Uma participação que se evidenciou nas listas das candidaturas ao Conselho Nacional, três das quais lideradas por militantes do distrito (Paulo Cunha, Eduardo Reis e Alexandre Cunha Pereira), a que se juntam os eleitos na lista proposta pela direcção nacional, Carlos Cação e Mariana Carvalho, e ainda Joaquim Mota e Silva, assegurando para o distrito seis conselheiros nacionais eleitos para Congresso.

O líder da Distrital de Braga, que é também eurodeputado, reitera “o total empenho” desta estrutura partidária “para assumir desde já o desafio assumido pela direcção nacional do PSD para a vitória nas próximas eleições autárquicas, tendo em vista assegurar as melhores soluções para as populações na gestão das autárquicas”. E num apelo implícito à união do partido, José Manuel Fernandes destaca que é “responsabilidade de todos os militantes contribuir para a união do partido, tanto no país como no distrito”, devendo colocar acima das “legitimas ambições, os objectivos colectivos de pacificação e união”.

A rematar, José Manuel Fernandes destaca Rui Rio como um líder “corajoso, competente e sério”, capaz de oferecer aos portugueses “um Governo do PSD, sem medo de reformas e o único capaz de alavancar e modernizar o país, promover serviços públicos de qualidade e melhores condições de qualidade de vida para todos”.

 


O eurodeputado defende que o PSD é o único partido “capaz de garantir um país moderno e preparado para competir e vencer os desafios” que o país tem pela frente, “numa sociedade cada vez mais global e em aceleração constante”.

Cooperação com direcção nacional está a dar frutos

No comunicado, José Manuel Fernandes sublinha a “afirmação progressiva” do distrito de Braga e dos seus quadros no contexto nacional, que considera ser “fruto de um trabalho de cooperação permanente e empenhado com a direcção nacional do PSD sob a liderança de Rui Rio”. Na leitura do líder da distrital, esse trabalho foi o que tornou possível ao distrito de Braga “eleger um deputado ao Parlamento Europeu, proposto no terceiro lugar da lista nacional do PSD – a posição mais alta posição de sempre para o distrito; apresentar-se às eleições legislativas pela primeira vez com uma lista de deputados exclusivamente composta por pessoas do distrito, incluindo o cabeça de lista; e assumir a representação na Comissão Permanente do partido, ao confiar uma vice-presidência a um quadro do distrito”.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho