Braga, quinta-feira

Judo/Europeus: Telma Monteiro vice-campeã de -57 kg

Desporto

19 Novembro 2020

Redação

Telma Monteiro foi hoje vice-campeã europeia de -57 kg, ao perder na final dos Europeus de judo com a húngara Hedvig Karakas, por ippon, em competição que decorre em Praga.

Telma Monteiro foi hoje vice-campeã europeia de -57 kg, ao perder na final dos Europeus de judo com a húngara Hedvig Karakas, por ippon, em competição que decorre em Praga.

A judoca portuguesa, medalha de bronze nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro e quatro vezes vice-campeã mundial, perdeu já no ponto de ouro, após os quatro minutos iniciais de combate, ao acumular três castigos, quando a sua adversária também tinha dois 'shido'.

Telma Monteiro conseguiu ainda assim a 14.ª medalha em igual número de participações em Europeus, prova em que sempre subiu ao pódio desde a sua estreia, aos 18 anos, em 2004, acumulando desde então cinco medalhas de ouro, duas de prata e sete de bronze.

Num combate que dominou até chegar ao ‘golden score’, Telma foi sempre mais ofensiva do que a húngara, que chegou a ter dois castigos, um no tempo regulamentar e outro no ponto de ouro, mas a portuguesa também acabou penalizada.

Sem conseguir projetar Karadas, o combate foi-se arrastando, muitas vezes no chão, até Telma sofrer um primeiro castigo aos 1.52 minutos já do ‘golden score’, um segundo aos 03.08 e um terceiro aos 04.18 (08.18 minutos totais de combate).

A judoca portuguesa mais medalhada de sempre, a pouco mais de um mês de completar 35 anos, foi batida pelo cansaço, frente a uma rival a que está acostumada a vencer: Telma venceu Karadas em sete de oito combates, tendo sido este o nono duelo entre ambas.

A final do Europeu de hoje, com Praga a ver adiada a competição de maio para novembro devido à pandemia da covid-19, acabou por ser uma reedição do combate decisivo dos Europeus de 2015 em Baku, então com Telma Monteiro a conquistar o título.

Só uma vez, em 2017, a judoca do Benfica tinha perdido com esta adversária, então nos oitavos de final do Grand Slam de Tóquio.

Mesmo com a prata, Telma, 11. ª do ‘ranking’ mundial, despede-se com uma campanha quase perfeita nestes Europeus, com vitórias por ippon nos três primeiros combates, duas das quais ainda com o cronómetro nos momentos iniciais.

No primeiro venceu a holandesa Sanne Verhagen (23.ª da hierarquia), no segundo a polaca Júlia Kowalczyk (16.ª), com menos de um minuto, e no terceiro a sérvia Marica Perisic (33.ª), com cerca de 30 segundos de combate.

O primeiro dia dos Europeus em Praga teve, à exceção de Telma Monteiro, uma manhã difícil para os restantes sete judocas portugueses em prova, com eliminações aos primeiros combates na maioria dos casos.

Rodrigo Lopes (-60 kg), João Crisóstomo (-66 kg), Catarina Costa e Raquel Brito (-48 kg) e Joana Ramos (-52 kg) perderam no combate de estreia, enquanto Sergiu Oleinic (-66 kg) e Wilsa Gomes (-57 kg) ainda fizeram um segundo combate, no qual acabaram por ceder.

Competem na sexta-feira, João Fernando (-73 kg), Anri Egutidze e João Martinho (-81 kg) e Bárbara Timo e Joana Crisóstomo (-70g), enquanto, no sábado, último dia da prova, lutam Jorge Fonseca (campeão mundial de -100 kg), Yahima Ramirez (-78 kg) e Rochele Nunes (+78 kg).

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho