Braga, sexta-feira

Júlia Fernandes promete dar o máximo para continuar a desenvolver Vila Verde

Regional

27 Junho 2021

Redação

A candidata do Partido Social-Democrata à Câmara Municipal de Vila Verde, Júlia Fernandes, apresentou, ontem, o seu programa, garantindo dar o máximo para continuar a desenvolver Vila Verde e elevar a qualidade de vida dos vilaverdenses.

É com os olhos postos no desenvolvimento económico e na criação de emprego, baseado na sustentabilidade e com a missão maior de melhorar a qualidade de vida de todos os vilaverdenses que Júlia Fernandes se apresenta como candidata do Partido Social-Democrata à Câmara Municipal de Vila Verde, prometendo “dar o máximo e o melhor” de si para catapultar o concelho de Vila Verde.


“É minha vontade e determinação, e entendo que é também meu dever, colocar ao serviço do concelho e de todos os vilaverdenses a minha experiência, os conhecimentos e as competências enriquecidas no meu trajecto profissional e político, como professora, dirigente associativa e autarca”, afirmou Júlia Fernandes, que, ontem, apresentou publicamente a sua candidatura à liderança da autarquia pelo PSD, indicando como principais apostas estão os incentivos fiscais e a melhoria das infraestruturas e dos equipamentos para atrair investimentos e gerar emprego”.
 

“Tudo faremos para proporcionar bem-estar e melhor qualidade de vida aos vilaverdenses, ajudando-os também a serem capazes de gerar riqueza, criar emprego e tornar o concelho mais moderno, competitivo e atractivo”, garantiu a candidata. Apoiada por figuras relevantes do concelho vilaverdense, a candidatura de Júlia Fernandes conta com o apoio de João Lobo como mandatário, com o ainda presidente da câmara, António Vilela, enquanto presidente da comissão de honra, e ainda de Mota Alves, coordenador do programa eleitoral.
 

 Agradecendo o apoio que tem recebido da comunidade em geral, confessou-se “entusiasmada” com a missão e desafio que aceitou para liderar a Câmara de Vila Verde. “Juntos vamos continuar a construir um futuro de esperança, de modernização dos nossos territórios, de proximidade e de confiança”, avançou a candidata, indicando que a sua candidatura à Câmara Municipal de Vila Verde se alicerça “no espírito de iniciativa, no empreendedorismo e na capacidade de realização de uma equipa coesa e altamente qualificada”, expressa numa lista que considera “plural, paritária, competente, dedicada e trabalhadora”, mas que o processo de desenvolvimento do concelho “conta com todos”, desde as associações, às escolas e IPSS, com base “no trabalho em rede”.
 

“Continuaremos a apostar fortemente na Educação, na Cultura, no Desporto e Lazer, no ambiente, sustentabilidade e quali- dade de vida, na saúde, o alargamento da rede de saneamento, a mobilidade, com o investimento contínuo na requalificação da rede viária e na luta pela construção da Variante a Vila Verde, da Variante entre Prado e o Parque Industrial de Oleiros”, apontou a candidata.

Deixa o teu comentário