Braga, sexta-feira

Junta da Galiza e Eixo Atlântico colaboram na valorização do legado cultural comum da Galécia Romana

Regional

13 Julho 2021

Redação

A Junta da Galiza e o Eixo Atlântico vão apostar na promoção do legado cultural da Galécia Romana, património partilhado pela Galiza e por Portugal que será objeto de valorização através da entidade que agrupa aos municípios da Comunidade Galega e do Norte de Portugal.

 A decisão surgiu ontem, durante uma reunião de trabalho realizada na Cidade da Cultura em Santiago de Compostela, com representantes de várias instituições, e na qual participou Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga e do Eixo Atlântico, assim como Miguel Bandeira, vereador do Património do Município Bracarense.

O encontro foi um primeiro contacto a partir do qual se procurou fórmulas de cooperação e linhas de actuação para reforçar o conhecimento e a divulgação deste passado comum que é considerado de interesse para todos os actores envolvidos.

Entre outros aspectos, foi abordada a importância da Via Nova como itinerário cultural, algo que conta com o empenho das diferentes partes. Esta é uma rota histórica que no tempo dos romanos uniu as cidades de Braga e Astorga ao longo de mais de 300 km. 

Este encontro contou ainda com a presença do conselheiro da Cultura, Educação e Universidade, Román Rodríguez, do presidente da Deputação de Ourense, Manuel Baltar, do vice-presidente do Eixo Atlântico e presidente da Câmara de Lugo, Lara Méndez, o secretário-geral do Eixo, Xoán Mao, assim como o reitor de O Barco de Valdeorras, Alfredo García.

O reforço dos laços de cooperação no domínio cultural no âmbito do Eixo Atlântico, foi uma constante durante esta iniciativa, com a intenção de acrescentar valor a este legado patrimonial. Deste modo, é dada continuidade ao trabalho realizado nos últimos anos para intensificar a coesão económica, social e cultural dos dois lados da fronteira.

Deixa o teu comentário