Braga,

Lar de Idosos de Lamas pronto na Primavera de 2021

Regional

01 Setembro 2020

Redação

Equipamento resulta de um investimento privado no valor superior a um milhão de euros e servir, prioritariamente, a Veiga de Penso.

Está praticamente concluída a primeira fase da construção do Lar de Idosos que está a nascer na freguesia de Lamas, em terreno contíguo à piscina da freguesia, um investimento privado de mais de um milhão de euros.


O novo equipamento, cuja primeira pedra foi lançada em Novembro de 2019, o primeiro do género a nascer nesta zona do concelho, vai beneficiar toda a Veiga de Penso.
 

“O equipamento deveria ficar pronto este ano, mas estamos a pensar que na Primavera do ano que vem deve abrir ao público”, confirmou ao CM o presidente da junta de Lamas.
 

O Lar de Idosos tem capacidade para 39 utentes, distribuídos por seis quartos individuais, 15 duplos e um triplo, todos servidos de casa de banho privada, uma cozinha, sendo que a prioridade de entrada recai sobre os utentes pertencentes à freguesia onde está instalada, seguindo-se os da Veiga de Penso.
 

Além do regime de lar, o equipamento vai integrar também o Apoio Domiciliário. A cantina vai servir refeições para instituições externas, como escolas ou empresas “para rentabilizar o projecto”.


O presidente da câmara de Braga, na cerimónia onde foi lançada a primeira pedra deste Lar de Idosos referiu que “para as gerações vindouras vai ser uma mais-valia”.
 

“Este novo equipamento vai trazer enormes benefícios e dinamizar toda a comunidade, criando postos de trabalho e novas dinâmicas”, referia na ocasião Ricardo Rio.


O presidente da Assembleia de Freguesia de Lamas, Francisco Oliveira, destacou também o “longo percurso” deste processo iniciado ainda quando era presidente de junta de freguesia. “A zona da Veiga de Penso está muito carente deste tipo de valências e este é um objectivo e desejo que todos os autarcas tinham”, referiu, lançando um desafio ao Município de Braga: “é necessário que, a médio ou longo prazo, se consiga concretizar o plano de desenvolvimento local para conjuntos de freguesias, porque as freguesias merecem uma atenção muito especial”, rematou.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho