Braga, sexta-feira

Mais de 240 jovens participaram no programa Ser Europa em 2020 em Famalicão

Regional

08 Fevereiro 2021

Redação

O Programa Ser Europa do pelouro da Educação do Município de Famalicão envolveu mais de 240 jovens do 3º ciclo e ensino secundário do concelho de Vila Nova de Famalicão.

O Programa Ser Europa do pelouro da Educação do Município de Famalicão envolveu mais de 240 jovens do 3º ciclo e ensino secundário do concelho de Vila Nova de Famalicão.

Mesmo com um ano dominado pela pandemia COVID 19, o projeto não perdeu dinamismo, passando o trabalho cooperativo e de formação para as plataformas online. O projeto envolve, sobretudo, jovens entre os 13 e os 21 anos que, semanalmente, se reúnem para discutir questões relacionadas com a Educação para a Cidadania Europeia e desenvolvem, de forma concertada, nas suas comunidades educativas e em parceria com entidades locais, projetos de intervenção cívica centrados no voluntariado e em pequenas ações de investigação sobre as temáticas dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável 2030 e Educação para a Cidadania Global.

Durante 2020, os projetos de intervenção cívica, para além do modelo de intervenção comunitário e presencial, tiveram também uma forte presença online, adaptando-se às novas realidades geradas pelos tempos de pandemia.

Os jovens envolvidos estiveram integrados em grupos de capacitação, em espaços de trabalho cooperativo denominados de Clubes Europa Aventura, todos eles ligados em rede.

A Rede de Clubes Europa Aventura apoiadas pelo Programa Ser Europa envolve as Escolas D. Maria II, Escola Básica de Pedome, Escola Secundária D. Sancho I, Escola Profissional Forave, Escola Secundária Padre Benjamim Salgado, Escola Básica de Ribeirão e INA - Instituto Nun’Alvares.

Estes grupos de capacitação têm como objetivos gerais criar um espírito europeu entre os seus membros, transmitindo-o aos outros membros da comunidade em que estão inseridos, promover, com o apoio das entidades competentes, ações de dinamização tendentes a uma melhor informação sobre a Europa Comunitária, nomeadamente, aspetos geográficos, históricos, culturais, económicos e as próprias instituições e promover o conhecimento do património cultural e natural da Europa e dos problemas contemporâneos que a Europa enfrenta.

Ao mesmo tempo, desencadeiam um conjunto de ações que também pretendem contribuir para a compreensão do pluralismo europeu, para a compreensão e tolerância recíprocas, para uma tomada de consciência relativamente à interdependência europeia e mundial e à necessidade de cooperação e ainda contribuir para a criação do sentido de responsabilidade dos alunos enquanto jovens cidadãos europeus, no que respeita à paz, aos direitos do homem e à defesa e conservação do ambiente e do património cultural.

Desde o início de 2021 são mais de 320 os jovens a quem o programa SER Europa chega que continuam a reunir-se semanalmente de forma virtual.

Deixa o teu comentário