Braga, segunda-feira

Mais um milhão para obras nas freguesias

Regional

10 Fevereiro 2021

Marta Amaral Caldeira

Município anunciou investimento superior a um milhão de euros para intervenções na rede viária, em Pedralva e em Mire de Tibães.

A Câmara de Braga anunciou ontem que vai lançar em breve dois concursos públicos, para intervenções nas freguesias de Pedralva e de Mire de Tibães. Estas intervenções representam um investimento superior a um milhão de euros.


As obras em questão correspondem à pavimentação da Rua de S. Martinho de Tibães, na freguesia de Mire de Tibães, e à requalificação da Avenida da Grumeira, em Pedralva.


Relativamente à pavimentação da Rua de S. Martinho de Tibães, trata-se de um investimento previsto de 685 mil euros (mais IVA), e estende-se para a Rua de Ruães e parcialmente para a Rua da Bouça, totalizando uma intervenção viária com uma extensão de 2,05 quilómetros.
 

 “Incluem-se nestes trabalhos a repavimentação das faixas de rodagem, bermas e áreas de estacionamento público; a requalificação da rede de drenagem de águas pluviais; a requalificação da rede de iluminação pública; a substituição da passagem hidráulica da Ribeira de Panóias sob a Rua de S. Martinho de Tibães; e a implementação de medidas de acalmia e de sinalização de trânsito”, explica a autarquia em comunicado.


A mesma fonte especifica que “serão executadas marcações horizontais, nomeadamente eixos de via, linhas de berma, linhas de paragem, raiados, setas direccionais, travessias pedonais e bandas redutoras de velocidade. Uma vez definido o perfil transversal, segue-se a colocação de guias, execução de passeios, definição de estacionamentos e sobrelevação de travessias e cruzamentos”.


O prazo de execução da obra é de 150 dias.
 

Já relativamente à intervenção em Pedralva, terá o valor de 295 mil euros (mais IVA) e irá abranger uma intervenção na EM 594, totalizando uma extensão de, aproximadamente cerca de um quilómetro.


“Incluem-se nestes trabalhos a repavimentação das faixas de rodagem, bermas e áreas de estacionamento público; a requalificação da rede de drenagem de águas pluviais; a requalificação da rede de iluminação pública; e a implementação de medidas de acalmia e de sinalização de trânsito”, lê-se no comunicado.


A intervenção vai permitir organizar a zona de estacionamento, construir passeios e implementar sinalização vertical e horizontal das faixas de rodagem, cruzamentos e entroncamentos contíguos.


O prazo de execução da obra é de 120 dias.

Deixa o teu comentário