Braga, terça-feira

Miguel Costa Gomes: Agora temos é de combater o medo

Regional

20 Maio 2020

Redação

Incentivar os cidadãos a sair à rua em segurança foi o objectivo do presidente da autarquia ao visitar, ontem, o comércio local.

Com o objectivo de demonstrar aos cidadãos que “podem e devem circular na rua e fazer compras, desde que cumpram o distanciamento social e a protecção recomendada”, o presidente da Câmara Municipal de Barcelos visitou, ontem de manhã, o comércio local da cidade. “Agora temos de combater o medo, estimulando as pessoas a vir à rua”, apelou Miguel Costa Gomes, que está “extremamente preocupado” com os “contratos parados das grandes empresas, que se dedicam à exportação, e dos quais famílias inteiras dependem”.

Miguel Costa Gomes, que falava aos jornalistas durante a visita ao comércio local, adiantou que os dois primeiros sectores com “bastante fragilidade” já estão a ter o apoio do município.

“Os produtores agrícolas, que vivem exclusivamente deste sector, foram a nossa prioridade e já isentamos de taxas até ao final do ano. A nossa segunda prioridade foi para um sector que nos é muito caro: o artesanato. Aqui tomamos como primeira medida a aquisição a cada um dos artesãos que esteja registado peças no valor de 800 euros”, informou Miguel Costa Gomes.

Em relação ao comércio local, o presidente já reuniu com o responsável da Associação Comercial e Industrial de Barcelos (ACIB) para fazer um levantamento das situações, “não na perspectiva da câmara actuar nesta área, porque não tem capacidade financeira, mas pode ter medidas de descriminação positiva, como é exemplo, a isenção de taxas”.

Sobre as micro e pequenas empresas, Miguel Costa Gomes admitiu que o Programa Adaptar “não é suficiente”. Aqui o papel da autarquia é “evidenciar junto da tutela as dificuldades do sector e sugerir medidas”.

O presidente adiantou que a questão dos sócios gerentes “está ultrapassada”, alertando, no entanto, para a situação dos comerciantes em nome individual que ainda “não está resolvida”.

“É impossível ter espaço para todos”

O presidente da Câmara Municipal de Barcelos, que falava aos jornalistas, por videoconferência após a visita ao comércio local, admitiu que “é impossível ter espaço para todos os feirantes”.

Miguel Costa Gomes deixou o apelo: “é muito difícil corresponder às necessidades de todos e temos que fazer um esforço para haver compreensão sobre a impossibilidade de colocar os 430 feirantes no espaço da feira”. O presidente confirmou que “está tudo em análise” para se “criar uma alternativa” que corresponda às exigências das autoridades de saúde.

Entretanto, a abertura do mercado municipal, no passado sábado, “correu muito bem”, referiu o autarca.

Entrega formal aos presidentes de junta ainda esta semana

O Município de Barcelos adquiriu 100 mil máscaras laváveis e com selo de certificação que começam a ser distribuídas, ainda esta semana, por todo o concelho.

Entretanto, o presidente Miguel Costa Gomes anunciou ontem, aos jornalistas em videoconferência, que vai entregar as máscaras aos autarcas do concelho numa cerimónia formal, a decorrer nos Paços do Concelho ainda esta semana.Se for necessário, a câmara vai encomendar mais máscaras.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho