Braga, sábado

Ministério Público acusa três suspeitos de roubos a pessoas, lojas e carros em Braga

Regional

14 Julho 2020

Redação

O Ministério Público (MP) acusou três pessoas de, em julho, novembro e dezembro de 2019, roubarem pessoas, lojas comerciais e viaturas em Braga, adiantou hoje a Procuradoria-Geral Distrital (PGD) do Porto.

O Ministério Público (MP) acusou três pessoas de, em julho, novembro e dezembro de 2019, roubarem pessoas, lojas comerciais e viaturas em Braga, adiantou hoje a Procuradoria-Geral Distrital (PGD) do Porto.

Um dos arguidos está acusado de quatro crimes de roubo, um na forma tentada, dois de roubo qualificado, um de furto e um de furto qualificado.

A outro está imputada a prática de dois crimes de roubo, um deles tentado, um de roubo qualificado, um de furto qualificado e um de furto e, a um último, a de um crime de roubo.

Segundo a acusação, referida na página da Internet da PGD, um dos arguidos, ora atuando sozinho, ora em comunhão de esforços com os outros dois, assaltou uma pessoa quando esta levantava dinheiro numa caixa multibanco, roubou a carteira a uma outra por esticão e obrigou uma terceira, sob ameaça de um x-ato, a entregar os bens e dinheiro que trazia.

Além disso, furtou dois carros, quebrando o vidro de um deles, o balcão de receção de um hotel e um cabeleireiro.

O MP fala ainda num assalto a um minimercado, fracassado por os seus donos terem oferecido resistência.

Com a prática destes crimes, os arguidos apoderaram-se de bens e dinheiro num montante global de 5.733 euros que o MP requer que sejam condenados a pagar ao Estado, sem prejuízo dos direitos dos lesados, sustentou.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho