Braga,

Misericórdia de Braga ainda sem centro de dia

Regional

30 Agosto 2020

Redação

A aguardar directrizes da Segurança Social, a Santa Casa da Misericórdia de Braga ainda não reabriu o centro de dia. As restantes valências funcionam.

A Santa Casa da Misericórdia de Braga ainda aguarda orientações da Segurança Social para reabrir o centro de dia, mantendo as outras valências de apoio a idosos e a creche em funcionamento onde são cumpridas todas as normas emanadas da Segurança Social, da Direcção Geral de Saúde e da Protecção Civil, garante o provedor, Bernardo Reis.


Desde que foi decretada a pandemia devido à Covid-19, logo em Março, a Santa Casa da Misericórdia de Braga delineou um plano de contingência e continua a cumprir todas as regras impostas, explica Bernardo Reis, que assume que a instituição”tem sido muito exigente”, às vezes com críticas de utentes e famílias, mas “tudo em prol dos utentes, da sua saúde e segurança”.
 

Até ao momento, a Misericórdia de Braga registou apenas um caso de Covid-19 de um utente que esteve sempre assintomático e foi logo isolado, revela o provedor da instituição.


Com pouco mais de uma centena de utentes, a Santa Casa da Misericórdia de Braga gere três estruturas residenciais para idosos - o Lar Nevarte Gulbenkian, o Lar Rainha Santa Isabel e o Lar D. Diogo de Sousa - e ainda presta serviço de apoio domiciliário e de cantina social, além da valência de apoio à infância com creche.
 

O apoio domiciliário esteve sempre a funcionar e a cantina social está a servir cerca de meia centena de refeições, refere Bernardo Reis.


As visitas aos utentes dos lares já foram retomadas, mas com condicionamentos, decorrendo num espaço onde há a presença de utentes e visitantes, mas sem contacto físico, já que estão separados por uma estrutura em acrílico.


“Dentro das possibilidades,a instituição tem procurado manter algumas actividades” com a animadora social, bem como ioga para os utentes que dispõem ainda de uma biblioteca e de sala de computadores, além de tablets para facilitar o contacto social” reforça o provedor da Misericórdia de Braga.


A creche está a funcionar comcerca de 50 a 60 por cento das crianças e cumprindo todas as medidas de segurança impostas, revela Bernardo Reis.

 

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho