Braga, quarta-feira

"Momento simbólico" marca premiados

Regional

21 Junho 2021

Patricia Sousa

Vereadora da Educação do Município de Braga não faltou à cerimónia, que foi animada com a subida ao palco de "alunos da casa".

Hoje, “mais do que nunca” estas cerimónias são “momentos simbólicos”, mas “muito importantes”, porque “marcam” a vida de todos aqueles que são premiados. Para a vereadora da Educação da Câmara Municipal de Braga, que ontem esteve presente na cerimónia onde a União de Freguesias de Real, Dume e Semelhe premiou o mérito e excelência de 133 alunos, todas as autarquias “podem e devem acompanhar a comunidade educativa todo o ano”. Lídia Dias evidenciou ainda trabalho dos pais e de todos aqueles que trabalham nas escolas.


“É muito bom para os alunos receberem um prémio pelo trabalho, pelo esforço e pela dedicação e é um orgulho para os pais e para todos aqueles que trabalham nas escolas”, começou por referir a vereadora da Educação.


O facto dos alunos terem a possibilidade de subir ao palco também acaba por ser “muito simbólico”. Lídia Dias espera que seja possível continuar a “incentivar estes alunos”, dando os parabéns aos pais pelo “muito sacrifício” e a todos os que trabalham nas escolas “pelo conhecimento, acompanhamento, afecto e paciência”.


Também o adjunto da direcção do Agrupamento de Escolas de Real, Miguel Balaia, assumiu que “o reconhecimento do trabalho de cada um é das coisas mais importantes e faz falta”. Para o professor “o mundo está muito virado para o massivo em que todos são iguais, mas a verdade é que uns trabalham e empenham-se mais do que outros e quem se empenha mais faz andar o mundo melhor e mais rapidamente e é muito importante este reconhecimento sem exageros”, constatou.


A animação da cerimónia ficou por conta da ‘prata da casa’ com a actuação de alguns dos alunos que participam no curso de viola, que é ministrado pelo professor Abílio Vilaça na sede de Junta de Freguesia de Real. “Mes- mo em tempo de pandemia não deixamos de ter aulas e continuamos em formato digital”, contou o professor.


A festa contou ainda com a performance da bailaria Diana Faria, que é aluna do agrupamento, e a associação de pais também declamou um poema.

Deixa o teu comentário