Braga, quinta-feira

Moreirense quer jogar bem e vencer um Paços de Ferreira com qualidade

Desporto

14 Julho 2020

Redação

O treinador Ricardo Soares afirmou hoje que o Moreirense quer "proporcionar um bom espetáculo" e vencer na quarta-feira o Paços de Ferreira, uma "equipa boa", em partida da 32.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

O treinador Ricardo Soares afirmou hoje que o Moreirense quer "proporcionar um bom espetáculo" e vencer na quarta-feira o Paços de Ferreira, uma "equipa boa", em partida da 32.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

Com uma derrota nos últimos 13 jogos do campeonato, a equipa de Moreira de Cónegos é oitava classificada, com 42 pontos, e, segundo o seu técnico, quer "ser competente a defender" e "assertiva a aproveitar as oportunidades que aparecem", frente a um adversário que ocupa o 13.º posto, com 34 pontos, e precisa ainda de garantir a permanência no escalão principal.

"Cada jogo tem a sua história. Este Paços de Ferreira é uma equipa boa, muito bem orientada [por Pepa], que conhecemos bem. Tem jogadores de grande qualidade, defende com grande coesão e é forte nas transições ofensivas. Mas este é mais um jogo em que queremos jogar bem, proporcionar um bom espetáculo e lutar pela vitória até à exaustão", disse o técnico, em conferência de antevisão ao jogo, agendado para as 17:00, em Moreira de Cónegos.

Ricardo Soares mostrou-se "pouco preocupado" com a pressão que a turma pacense possa sentir para arrecadar pontos na quarta-feira e realçou que o Moreirense, depois de garantido o principal objetivo da época, a manutenção, quer "continuar a evoluir" e a alcançar outros objetivos, entre os quais o de ultrapassar os 39 golos marcados na época passada, a melhor da história do clube na I Liga, que valeu o sexto lugar.

"Estamos sempre a reformular objetivos. O primeiro e principal objetivo foi conquistado cedo, a manutenção. Depois há uma série de objetivos que queremos conquistar. Já disse que o oitavo lugar era um bom lugar para nós. A época passada foi histórica para o clube, tendo-se feito 39 golos. Neste ano, também já se fizeram 39 golos", disse.

A "valorização individual dos jogadores" nos três jogos que restam é outro dos propósitos do treinador dos ‘cónegos', com o propósito de "gerar mais-valias" para o emblema do concelho de Guimarães.

Ricardo Soares frisou, aliás, que o desempenho do Moreirense no campeonato resulta da "harmonia" que reina no clube, aliando o "foco" e o "compromisso" exibidos pelos seus atletas, ao trabalho "competente" de outros departamentos e à "liderança" do presidente, Vítor Magalhães.

"Tenho um grande grupo de homens. Criámos afetos que permitem transparecer dentro de campo a qualidade com que trabalhamos. Temos um departamento médico com um trabalho extraordinário, que nos permite não termos lesões, e um departamento de fisiologia muito competente. Este é um clube organizado, com uma liderança forte de uma pessoa que está há muito tempo cá. É esta conjugação que faz com que as equipas sejam mais fortes", salientou.

O Moreirense, oitavo classificado da I Liga, com 42 pontos, recebe o Paços de Ferreira, 13.º, com 34, em partida da 32.ª jornada, às 17:00 de quarta-feira, no Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas, em Moreira de Cónegos, com arbitragem de Rui Costa, da Associação de Futebol do Porto.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho