Braga, segunda-feira

Moreirense recorda grandes valores do malogrado ex-futebolista Mohamed Abarhoun

Desporto

02 Dezembro 2020

Lusa

O Moreirense apresentou condolências pela morte do ex-futebolista internacional marroquino Mohamed Abarhoun, ocorrida hoje, aos 31 anos, lembrando a passagem pelo clube da I Liga portuguesa entre 2017 e 2018.

“2020 tem sido um ano de grandes perdas para a família do Moreirense. Foi com uma tremenda tristeza que soubemos do falecimento de Mohamed Abarhoun, que representou o nosso clube durante duas temporadas”, escreveram os minhotos nas redes sociais.
 

Mohamed Abarhoun, que vestiu a camisola do Moreirense entre junho de 2017 e dezembro de 2018, apontando dois golos em 46 jogos, morreu hoje aos 31 anos, vítima de doença prolongada, anunciou a Real Federação Marroquina.
 

“Mais uma vez o futebol viu partir cedo demais um ser humano de grandes valores, sempre alegre e divertido e que rapidamente se ambientou ao nosso emblema. Neste momento de dor e sofrimento, desejamos as mais sentidas condolências”, finalizou.
 

O central cumpriu sete internacionalizações pela seleção de Marrocos, incluindo três aparições nos Jogos Olímpicos Londres2012, e venceu dois campeonatos pelo Athletic Tétouan antes de assinar pelo emblema da vila de Moreira de Cónegos em 2017/18.
 

Natural de Tétouan, Mohamed Abarhoun despediu-se do Moreirense há dois anos e rumou ao Çaykur Rizespor, tendo estado sem jogar pelo atual 11.º classificado da Liga turca desde março, quando detetou uma doença do foro oncológico.

Deixa o teu comentário