Braga, quarta-feira

Mota-Engil passa de lucro a prejuízo de 5 ME no primeiro semestre

Economia

27 Agosto 2020

Lusa

A Mota-Engil fechou o primeiro semestre deste ano com um prejuízo de 5,04 milhões de euros, valor que compara com 8,13 milhões de euros de euros no período homólogo, foi hoje anunciado.

Em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Mota-Engil informa que "a atividade do grupo no primeiro semestre de 2020 não ficou alheia aos impactos provocados pela pandemia [de covid-10], tendo essencialmente o negócio de Engenharia e Construção (E&C) sido o mais atingido fruto das interrupções/paragens de produção, ora provocadas pelas medidas restritivas de saúde pública implementadas nos diversos países onde o grupo opera, ora provocadas pelas dificuldades logísticas em movimentar pessoas, equipamentos e mercadorias".
 

Nos primeiros seis meses do ano, o volume de negócios do grupo caiu 14% para os 1,2 mil milhões de euros, sendo o impacto da covid-19 contabilizado em 280 milhões de euros, refere em comunicado.
 

O grupo refere ter uma carteira de encomendas recorde de 5,5 mil milhões de euros.
 

Antes da abertura do mercado, o grupo Mota-Engil anunciou um acordo de parceria estratégica e investimento com um grande grupo de infraestruturas, sem identificar, e que ficará com 30% após um aumento de capital.
 

Numa informação enviada à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o grupo indica que se encontra na fase final das negociações de um acordo de parceria estratégica e investimento “com um dos maiores grupos de infraestruturas do mundo, com uma atividade significativa a nível mundial”, sem divulgar o nome.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho