Norte é unica região do país com Rt superior a 1 INSA

Nacional

23 Abril 2021

Lusa

Todas as regiões do país apresentam um índice médio de transmissibilidade (Rt) do vírus SARS-CoV-2 abaixo de 1, com exceção do Norte que está acima deste valor nos últimos 22 dias, anunciou hoje o INSA.

Todas as regiões do país apresentam um índice médio de transmissibilidade (Rt) do vírus SARS-CoV-2 abaixo de 1, com exceção do Norte que está acima deste valor nos últimos 22 dias, anunciou hoje o INSA.

De acordo com o relatório semanal do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA) sobre a evolução da curva epidémica da covid-19, estes dados sugerem um “decréscimo da incidência” do vírus no país, um cenário mais favorável do que o verificado na semana anterior.

No relatório divulgado a 16 de abril, todas as regiões do país apresentavam um Rt – indicador que estima o número de casos secundários de covid-19 resultantes de uma pessoa infetada - acima de 1, exceto a região de Lisboa e Vale do Tejo, que estava nos 0,96.

Por regiões, o INSA indica que o Norte apresenta um Rt de 1,07, o Centro de 0,92, Lisboa e Vale do Tejo de 0,95, o Alentejo de 0,90, o Algarve de 0,88, os Açores de 0,95 e a Madeira de 1,00.

“A região Norte apresenta valores de Rt superiores a 1 nos últimos 22 dias, com uma média de 209 novas infeções por dia”, refere ainda o INSA, que avança que, neste período, o índice de transmissibilidade variou entre o 1,00 e o 1,18.

A nível nacional, o valor médio deste indicador para o período entre 14 e 18 de abril é de 0,98.

Relativamente à taxa de incidência acumulada, o relatório adianta que todas as regiões do continente e a Madeira apresentam valores inferiores a 120 casos por 100.000 habitantes, enquanto os Açores atingem os 173,8.

O Norte apresenta uma taxa de incidência acumulada de 78,6, o Centro de 43,5, Lisboa e Vale do Tejo de 62,8, o Alentejo de 79,9, o Algarve de 112,0 e a Madeira de 113,7.

Estes indicadores – o índice de transmissibilidade do vírus e a taxa de incidência de novos casos de covid-19 – são os dois critérios definidos pelo Governo para a avaliação continua que está a ser feita do processo de desconfinamento que se iniciou a 15 de março.

Portugal está atualmente na terceira fase deste plano de alívio das restrições impostas para controlar a pandemia e que prevê uma quarta e última etapa com início a 03 de maio.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.073.969 mortos no mundo, resultantes de mais de 144,6 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 16.957 pessoas dos 833.397 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Deixa o teu comentário