Braga, quinta-feira

Nova derrota para os Guerreiros do Minho

Desporto

29 Novembro 2020

Redação

Minhotos perderam no reduto do AD Fundão por 4-3, somando assim a quinta derrota em oito partidas para a I Divisão Nacional de futsal. SC Braga/AAUM soma apenas sete pontos e tem apenas dois pontos de avanço da zona de despromoção.

O SC Braga/AAUM perdeu no reduto do AD Fundão por 4-3, num jogo em atraso a contar para a 7.ª jornada da I Divisão Nacional de futsal. Os tentos de Vítor Hugo, Hebbert Bolt e Nicolàs Lachaga foram insuficientes para bater a equipa da casa que marcou por quatro vezes por intermédio de Peléh, Senra e Juninho (2).


A equipa dos Guerreiros do Minho entrou mais forte na partida e não demorou muito a inaugurar a partida. Logo aos três minutos, Hebbert Bolt abria as contas do encontro, colocando os bracarenses na frente do marcador. O SC Braga/AAUM não tirou o pé do acelerador e, literalmente no minuto seguinte, o guardião Vítor Hugo demonstrou toda a sua classe, avançando pela quadra e parar apenas com a bola no fundo da baliza do AD Fundão, aumentando assim a vantagem bracarense para dois golos.

 

A resposta dos homens da casa surgiu por intermédio de Senra. O camisola 77 do AD Fundão conseguiu liderar as tropas de Nuno Couto para a redução da desvantagem aos 11 minutos. Cinco minutos depois, Vítor Hugo voltava a brilhar. Grande penalidade para os pupilos de Nuno Couto e Mário Freitas, chamado à conversão do castigo máximo, mostrou-se incapaz de ultrapassar o guardião dos Guerreiros do Minho. Todavia, Vítor Hugo não conseguiu travar o remate de Juninho que, a dois minutos do intervalo, repôs a igualdade na partida.

 

No segundo tempo, a velocidade do encontro reduziu e só nos últimos seis minutos da partida é que se voltou a viver as emoções do futsal, com Gustavo Rodrigues a receber um duplo amarelo. Na sequência deste lance, Juninho colocava o Fundão a vencer por 3-2.


Os homens da casa acabariam por aumentar essa vantagem no último minuto da partida por intermédio de Peléh, porém, escassos segundos depois, Nicolàs Lachaga fechava o resultado final em 4-3, ficando assim assinalada a 5.ª derrota minhota em apenas oito encontros.

Deixa o teu comentário