Braga, quinta-feira

Novo livro ilustrado leva Maria Ondina Braga às escolas

Diversos

13 Novembro 2022

José Paulo Silva José Paulo Silva

Braga em Risco acolheu ontem o lançamento de uma obra que ajuda o público a conhecer a escritora Maria Ondina Braga. Livro vai ser distribuído pelas escolas do concelho.

Escrito por Secundino Cunha e ilustrado por Sebastião Peixoto, o livro ‘Maria Ondina Braga. Quero encontrar-me comigo’ foi ontem à tarde apresentado, na Galeria do Paço, no âmbito da programação do Encontro ‘Braga em Risco’, sendo que a obra chegará em breve às bibliotecas escolares do concelho.


Dirigido ao público juvenil, o livro pode ser apreciado por leitores de todas as idades interessados em conhecer a vida de uma das mais importantes autoras da literatura portuguesa, cujo centenário está a ser comemorado em Braga. José Manuel Costa, da editora ‘Opera Omnia’, formulou ontem votos de que a distribuição que o Município de Braga vai fazer de ‘Maria Ondina Braga. Quero encontrar-me comigo’ pelas escolas seja “uma semente” que faça germinar futuros leitores de uma escritora cuja obra merece ser mais conhecida. Ana Ferreira, chefe de gabinete do presidente da Câmara Municipal de Braga, assinalou o trabalho que, no âmbito do centenário do nascimento de Maria Ondina Braga, o Município está a realizar “para não fazer esquecer” a escritora, nomeadamente com a reedição das suas obras completas, numa parceria com a Imprensa Nacional Casa da Moeda.
 

O Encontro ‘Braga em Risco’ assinala também o centenário de Ondina, através da exposição colectiva ‘Braga 22x22 – Ondina Ilustrada’, patente na Casa dos Crivos. A mostra é composta por 22 trabalhos que se desdobram em outras tantas narrativas visuais para mostrar a autora bracarense a partir do seu livro ‘O jantar chinês e outros contos’.


O jornalista Secundino Cunha apresentou ontem o livro ‘Maria Ondina Braga. Quero encontrar-me comigo’ como uma pequena obra de fácil leitura, dedicada em especial ao público escolar, esperando que os mais novos “fiquem com vontade de ler” a escritora. Da obra literária de Maria Ondina Braga, o jornalista releva a transmissão dos sentimentos da escritora que, à semelhança de outros, “aproveitou muito bem as viagens”.


Maria Ondina Braga repartiu a sua vida por diversos destinos, nomeadamente Inglaterra, França e Macau.


‘Braga em Risco’ com cinco mil participantes na primeira semana
 

Cerca de cinco pessoas participaram nas actividades das primeira semana do Encontro de Ilustração de Braga, que hoje, entre as 10 e as 18 horas, apresenta nos claustros do Largo do Paço, o ‘Mercado Riscado’, onde alunos do Mestrado de Ilustração do Instituto Politécnico do Cávado e Ave dinamizam uma série de oficinas de ilustração, onde as intenções, ideias, sonhos e emoções inspiram o processo da criação e ilustração, utilizando variadas técnicas e materiais. Entre as 10 e as 12.30 horas, na Galeria do Paço, Marta Pombeiro e Inês Malheiro dinamizam a Oficina do Risco ‘Mini Mapa Sonoro’, iniciativa dirigida ao público em geral.


Às 14.30 horas, na sala de apresentações do Largo do Paço, é apresentado o livro ‘Dragão Jeremias’, ilustrado por Carlo Giovani e escrito por Maria João Viegas.


Às 15 horas, na Galeria do Paço, realiza-se a Oficina do Risco ‘Encontra-me se puderes’, com Carlo Giovani
 

Meia hora mais tarde, na sala de apresentação do Largo do Paço, é lançado o livro ‘Planeta Magalhães - Por onde andaste Fernão?’, ilustrado por Raquel Costa e escrito por Mário Augusto.
 

O programa de hoje de ‘Braga em Risco’ conta ainda, às 16h30, no Mercado Municipal, com a Oficina do Risco ‘Livro Mutante’, dinamizada por Carolina Celas.

Deixa o teu comentário