Braga, quarta-feira

Novo treinador do Rio Ave diz que duelo com o FC Porto 'não será jogo de preparação'

Desporto

31 Janeiro 2021

Redação

Miguel Cardoso, o novo treinador do Rio Ave, garantiu hoje que a sua equipa não encara "como um jogo de preparação" o duelo deste segunda-feira, frente ao FC Porto, da I Liga portuguesa de futebol.

Miguel Cardoso, o novo treinador do Rio Ave, garantiu hoje que a sua equipa não encara "como um jogo de preparação" o duelo deste segunda-feira, frente ao FC Porto, da I Liga portuguesa de futebol.

O técnico, que assumiu o comando dos vila-condenses há dois dias, reconheceu que será uma estreia "num contexto difícil", mas vincou que "não há tempo para queixumes, mas sim para trabalho, ambição e dedicação".

"Não será um jogo de preparação ou de treino. Vamos competir ao mais alto nível, mas sabendo que este é o primeiro ponto de um caminho que temos de percorrer e que tem muito mais pela frente”, disse Miguel Cardoso.

Questionado sobre se o intenso ciclo de jogos que o FC Porto atravessa poderá dar alguma vantagem ao Rio Ave nesta partida, o técnico do conjunto vila-condense desvalorizou e preferiu colocar o foco no que a sua equipa tem de fazer.

"A gestão dos momentos de uma equipa influencia o seu rendimento, mas estive no FC Porto muitos anos, conheço o Sérgio Conceição, e não me parece que estejam preocupados com isso. O nosso foco está no que podemos fazer, não temos tempo para nos preocupar com o que pode acontecer com o adversário", garantiu.

Miguel Cardoso, que não escondeu "as boas sensações" de regressar ao Rio Ave, depois de uma primeira passagem em 2017/18, quando levou a equipa ao quinto lugar do campeonato, reconheceu que "não há tempo para adaptações".

"É fundamental perceber que o que interessa é o presente. O que está para trás diz-me muito pouco. É quase como um campeonato que está a começar. Estamos muito a tempo de fazer o nosso caminho, com foco e tranquilidade. Os atletas serão convencidos pela credibilidade do trabalho, e é isso que espero no dia à dia, com dedicação, para galgarmos etapas", analisou o treinador do Rio Ave.

Miguel Cardoso considerou que os seus jogadores "têm capacidade para dar muito mais" e garantiu que será "exigente" para retirar maior rendimento do grupo, não se mostrando preocupado com os reforços que poderão chegar entretanto ao clube.

"Os melhores reforços deste ano já estão aqui dentro. Pelo que vi até agora, estes jogadores estão muito aquém do que podem fazer, e têm de se atirar a essa tarefa. Claro que qualquer treinador gostaria de melhorar os recursos que tem à sua disposição, e se ficarmos melhor será perfeito, mas a minha maior atenção é aperfeiçoar o que temos", vincou.

Para este jogo, Miguel Cardoso ainda não pode contar com os lesionados Junio Rocha, Jambor, André Pereira e Leandro, e ainda tem em dúvida Pelé, Carlos Mané e Nélson Monte, a recuperar de problemas físicos.

O Rio Ave, 12.º classificado com 15 pontos, desloca-se esta segunda-feira ao reduto do FC Porto, segundo com 35, numa partida agendada para as 19:00, que terá arbitragem de Nuno Almeida, da Associação de Futebol do Algarve.

Deixa o teu comentário