Braga, quarta-feira

Nuno Manta Santos acredita que Aves sairá em breve do fundo da classificação

Desporto

20 Fevereiro 2020

Redação

O treinador Nuno Manta Santos frisou hoje que o tempo devolverá uma melhor classificação ao lanterna-vermelha Desportivo das Aves na I Liga de futebol, em véspera da receção ao Vitória de Guimarães, da 23.ª jornada.

O treinador Nuno Manta Santos frisou hoje que o tempo devolverá uma melhor classificação ao lanterna-vermelha Desportivo das Aves na I Liga de futebol, em véspera da receção ao Vitória de Guimarães, da 23.ª jornada.

“Podíamos ter abandonado o último lugar há duas jornadas, mas os resultados não foram positivos. Pelo trabalho diário realizado, acreditamos plenamente que iremos deixar esse posto mais jornada, menos jornada. O foco principal é garantirmos em maio que o Aves permanece na I Liga, sabendo que é uma caminhada árdua e temos de ganhar pontos”, referiu o técnico, em conferência de imprensa.

Nuno Manta Santos sente um balneário com “energia positiva e vontade de jogar”, já que os avenses conseguiram baixar de nove para três pontos a desvantagem para a zona de salvação, sem nunca abandonaram a cauda da tabela, como atestam uma goleada caseira com o Rio Ave (4-0) e o empate em Famalicão (1-1) nas últimas duas rondas.

“No final desse jogo todos sentimos uma grande revolta a e frustração por termos trabalhado tanto e deixado fugir dois pontos. Tivemos tudo na mão, mas faltou sermos mais competentes naquele lance final. Pegando nas coisas positivas que fizemos, como a atitude, organização e estratégia, procurámos retificar os momentos em que não estivemos tão bem. O nosso foco é garantir pontos amanhã [sexta-feira]”, sustentou.

O Desportivo das Aves nunca triunfou nas quatro receções aos minhotos para o campeonato e o treinador alerta para a “intensidade” dos pupilos de Ivo Vieira, que alcançam “muito facilmente o último terço”.

“Procuram sempre a baliza adversária, ora numa situação de transição vertical, em que têm jogadores bastante rápidos na frente, assim como mostram paciência para trabalhar a bola perante equipas que fecham o bloco. Obviamente concedem alguns espaços e teremos de aproveitar aquilo que nos deixarem”, observou.

Nuno Manta Santos pode contar com Cláudio Falcão e Bruno Morais, que cumpriram suspensão na ronda anterior, ao contrário dos lesionados Andrej Simunec, Aaron Tshibola e Mohammadi, do castigado Beunardeau e de Rúben Oliveira, indisponível ao abrigo dos regulamentos da prova, por estar cedido pelos vimaranenses ao clube de Santo Tirso.

O Desportivo das Aves, 18.º e último colocado, com 13 pontos, recebe o Vitória de Guimarães, na oitava posição, com 28, na sexta-feira, às 20:30, no Estádio do CD Aves, no jogo inaugural da 22.ª jornada da I Liga, que terá arbitragem do portuense Rui Costa.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho