Braga, sábado

Obras de reabilitação da Estação Rodoviária de Passageiros de Famalicão arrancaram hoje

Regional

10 Setembro 2020

Redação

As obras de reabilitação da Estação Rodoviária de Passageiros em Vila Nova de Famalicão arrancaram hoje e representam um investimento municipal de quase três milhões de euros, com um prazo de execução de um ano, anunciou a autarquia.

As obras de reabilitação da Estação Rodoviária de Passageiros em Vila Nova de Famalicão arrancaram hoje e representam um investimento municipal de quase três milhões de euros, com um prazo de execução de um ano, anunciou a autarquia.

A autarquia explica que aquela que é uma das "principais portas de entrada na cidade vai sofrer uma "intervenção estrutural"

A empreitada tem o valor de três milhões de euros - 2,5 milhões dos quais foram cofinanciados pelo Norte2020, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional - e deverá estar concluída no prazo de um ano, implicando algumas alterações no funcionamento do espaço.

"Assim, durante o decorrer das obras, os autocarros e o cais de embarque vão manter-se no local atual, mas o interior do edifício estará interdito e as bilheteiras vão ser transferidas para o exterior, para instalações provisórias instaladas junto aos autocarros", aponta a autarquia.

A Estação Rodoviária tem 28 anos, tendo sido inaugurada em 1992, e vai agora beneficiar de um "conjunto de melhoramentos" que visam "a criação de um espaço mais moderno, multifuncional e mais confortável e cómodo para os passageiros", sendo um dos "objetivos incentivar a utilização dos transportes públicos, reforçando-se também a articulação com a Estação Ferroviária de passageiros".

Entre as várias intervenções, a autarquia destaca "a colocação de uma nova cobertura no cais e frente sul da estrutura, a remodelação das áreas de comércio e serviços, com a reformulação de montras e libertação da área de acesso ao cais de embarque, a colocação de apoios para o estacionamento de bicicletas e de novo mobiliário, e conceção de sinalética, de acordo com a nova imagem concebida para a central e reorganização das bilheteiras, concentrando a venda de todas as viagens no mesmo balcão".

"Queremos cada vez mais pessoas a utilizar os transportes públicos e esta intervenção é decisiva para que isso aconteça", diz no texto o presidente da Câmara municipal, Paulo Cunha.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho