Braga,

Origem dos incêndios ocorridos no concelho deve ser investigada pelas autoridades

Regional

17 Agosto 2020

Redação

Desafio foi lançado pelo comandante dos Bombeiros Voluntários Celoricenses, Fernando Marinho Gomes, nas comemorações dos 94 anos da corporação. A data festiva ficou marcada pela homenagem a vários bombeiros voluntários.

A origem dos incêndios ocorridos no últimos 30 dias no concelho de Celorico de Basto deve ser investigada pelas autoridades policiais e pela Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil. O desafio foi lançado pelo comandante dos Bombeiros Voluntários Celoricenses, Fernando Marinho Gomes, na cerimónia comemorativa dos 94 anos da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários Celoricenses (AHBVC), que decorreu no passado sábado.
 

O responsável referiu que nos últimos 30 dias foi registado um número elevado de incêndios no concelho, e alertou que, caso a situação se volte a repetir, pode não haver efectivos suficientes para responder com eficácia às ocorrências. “Nos últimos 30 dias o concelho tem sido assolado por um número anormal de incêndios rurais. Aproveito para deixar aqui um alerta, o qual já fiz à autoridade policial local e ao senhor comandante distrital da Autoridade Nacional de Protecção Civil. Estas situações devem ser investigadas, o mais urgentemente possível, pois pode- mos chegar a uma situação de ruptura nos meios humanos e materiais, com resultados imprevisíveis e talvez catastróficos para as populações”, denunciou Fernando Marinho Gomes.
 

A sessão comemorativa dos 94 anos da AHBVC ficou também marcada pela entrega de medalhas a dirigentes e elementos do corpo activo. Uma homenagem considerada mais do que justa pelo comandante dos Bombeiros Voluntários Celoricenses. “São homens que diariamente lutam com assiduidade, dedicação e altruísmo, sempre na linha da frente. São um exemplo para a nossa sociedade cada vez mais materialista. É um motivo de orgulho termos a certeza de que estes homens são voluntários por opção e profissionais na acção. Por isso é que esta associação tem passado, presente e, com certeza, um futuro próspero”, apontou Fernando Marinho Gomes. A sessão solene contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva, do presidente da AHBVC, Fernando Freitas, e de muitos outros convidados.
 

O programa comemorativo incluiu, ainda, a Formatura Geral, com o Hasteamento Solene de Bandeiras, uma Missa de Homenagem aos Bombeiros Eméritos e Associados (na Igreja de S. Pedro de Britelo), a benção de uma viatura e uma romagem ao Cemitério para colocação de uma coroa de flores. Tudo de acordo com as normas da Direcção-Geral de Saúde para a Covid-19.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho