Origem Tradicional propõe viagem pelas canções de Natal e Reis do país

Regional

29 Dezembro 2020

Redação

Natal Tradicional é o nome do novíssimo disco de Canções Tradicionais de Natal e Reis do Grupo Origem Tradicional. O novo trabalho discográfico foi apresentado num concerto especial de Natal que decorreu no Altice Forum Braga.

‘Natal Tradicional’ é o mais recente trabalho discográfico do Grupo Origem Tradicional.

Trata-se de uma espécie de ‘viagem’ pelas canções de Natal das diferentes regiões do país, incluindo as ilhas.

Depois do pré-lançamento no programa ‘Viva a Música’ da Antena 1, o Grupo Origem Tradicional deu um concerto especial, no Altice Forum Braga, para apresentar o novíssimo disco de Canções Tradicionais de Natal e Reis.

Produzido e gravado por Daniel Pereira Cristo que é também um dos elementos do grupo, o músico bracarense disse em entrevista à Antena Minho que “este novo álbum tem músicas de todas as regiões do país, passando pelas ilhas da Madeira e Açores. As canções que vamos calcorreando neste disco são fruto de um trabalho que tem vindo a ser feito desde 2012”, realçando que “esta é uma forma de preservar muitas músicas tradicionais que se foram perdendo no tempo”.

Este é também um disco de homenagem a Casimiro Pereira, fundador do Grupo Origem Tradicional e pai da Daniel Pereira Cristo que vê agora o filho dedicar-lhe um tema.

‘Segue Trovador o Teu Caminho’ da autoria de José Machado, dos Sinos da Sé, que desafiou Daniel Pereira Cristo a compor a música que resulta numa bela homenagem ao músico, ao pai e, acima de tudo, ao defensor das raizes da música tradicional.

Igualmente apaixonado pelas raizes e origens, Daniel Pereira Cristo contou aos microfones da rádio Antena Minho que se sente “orgulhoso do percurso de 43 anos do Grupo Origem Tradicional e que hoje se tornou referencoa nacional”, lembrando que “grande parte destes grupos de origem tradicional já desapareceram do panorama cultural”.

Desde 1978, militando ininterruptamente pela música tradicional, o Origem Tradicional é dos grupos mais antigos da cena tradicional, folk e popular portuguesa. Tem percorrido Portugal, entre teatros, festivais e romarias, e, internacionalmente, actuado em certames culturais folk e junto das comunidades emigrantes lusas, onde transmitem nos seus concertos a alegria do povo e do seu património secular.

Sem desvirtuar o passado e as suas sonoridades, querem sempre ter um papel importante na mostra da riqueza das nossas tradições às novas gerações e aos povos de todo o mundo.

Inserido no Grupo Cultural de S. Mamede de Este (Braga), com primeira aparição pública a 14 de Fevereiro de 1978, o Origem Tradicional assume a sua paixão pela música tradicional, dedicando-se ao estudo e à divulgação do nosso património etnomusicológico, entre viras, chulas, malhões e demais ritmos do folclore português.

Para o músico bracarense “o caminho passa por reinventar, não perdendo aquilo que nos distingue, os ritmos e as melodias, fazendo com que a música soe a algo tão nosso, quanto novo”, salientando que “é importante elevar o nível da música tradicional a um rigor que permita reconquistar o mercado”.

Entre ‘Biras’, Chulas e Malhões rearranjados, o Origem Tradicional propõe “uma viagem pela tradição dos ritmos bem portugueses que povoam o imaginário do nosso povo e que importa, quanto a nós, promover, transmitir e viver – dançando e cantando “aquilo de que somos feitos”.

Daniel Pereira Cristo anunciou o lançamento do novo disco que deverá sair em Abril e outros trabalhos como os arranjos musicais da banda sonora da Procissão da Burrinha.

Deixa o teu comentário