Braga, sexta-feira

Palmeiras FC quer estreitar laços com clube que inspirou a sua criação

Desporto

31 Janeiro 2021

Lusa

O Palmeiras FC, clube da associação de futebol de Braga, quer estreitar laços com o clube brasileiro que inspirou a sua criação e que, no sábado, sob o comando técnico de Abel Ferreira, conquistou a Taça Libertadores.

O Palmeiras FC, clube da associação de futebol de Braga, quer estreitar laços com o clube brasileiro que inspirou a sua criação e que, no sábado, sob o comando técnico de Abel Ferreira, conquistou a Taça Libertadores.

O presidente do clube minhoto, Benjamin Correia, contou à agência Lusa que o Palmeiras FC, que também equipa de verde e tem um emblema com claras referências ao original, terá nascido à mesa de uma ‘suecada' entre alguns amigos.

A ideia do nome surgiu da intenção de juntar a afinidade à terra - Palmeira, freguesia de Braga - com o grande clube de São Paulo.

"Mas, para evitarem problemas, enviaram uma carta para o Palmeiras do Brasil a pedir autorização para fazerem um clube com o mesmo nome e o emblema muito parecido. A reposta foi positiva e chegou numa carta assinada por todos os diretores do Palmeiras e que trazia um galhardete do clube", conta à agência Lusa o dirigente.

Benjamin Correia conta que o Palmeiras FC luso, que se sente uma espécie de "filial número 1" do Palmeiras brasileiro em Portugal, já endereçou os parabéns pela conquista da Libertadores à Sociedade Esportiva Palmeiras e que espera encetar com o clube brasileiro uma relação de maior proximidade.

"Em tempos, já houve uma pequena relação, eles sabem da nossa existência, já nos enviaram camisolas e cachecóis da equipa, mas queremos tentar fazer um intercâmbio entre os dois clubes. Aqui há um ano, enviámos um e-mail, eles ficaram agradados e, em breve, vamos voltar a escrever" para tentar estabelecer uma relação mais próxima, disse Benjamin Correia.

Criado em 1965, o Palmeiras FC milita na I Divisão da associação de Braga (equivalente ao último escalão) e tem um protocolo com o Sporting de Braga na área da formação e foi aí que Benjamin Correia conheceu Abel Ferreira, aquando da passagem do técnico pelos ‘arsenalistas'.

No sábado, Benjamin Correia estava "nervoso", porque estavam em jogo "dois amores, o Palmeiras e o Abel Ferreira”. “Adorei e vibrei muito, tal como toda a freguesia", contou.

O Palmeiras, de Abel Ferreira, conquistou no sábado a Taça Libertadores, a segunda do clube, depois da arrebatada em 1999 sob o comando do ex-selecionador luso Luiz Felipe Scolari, ao bater o Santos por 1-0, no Maracanã, graças a um golo do suplente Breno Lopes, aos 90+9 minutos.

Deixa o teu comentário