Braga, terça-feira

Paulinho vira resultado e dá vitória nos descontos ao Braga sobre o Tondela

Desporto

12 Janeiro 2020

Lusa

O Sporting de Braga venceu hoje o Tondela, 2-1, após uma 'suada' reviravolta, consumada já na compensação por Paulinho, na 16.ª jornada da I Liga de futebol, e subiu ao quinto lugar.

O avançado bracarense foi a figura do jogo, ao marcar os dois golos (79 e 90+1 minutos) que deram a volta ao marcador, depois de Jhon Murillo ter colocado os tondelenses a vencer na primeira parte (37).
 

Foi um triunfo 'arrancado a ferros', castigo talvez demasiado pesado para o Tondela, mas que a equipa de Rúben Amorim também fez por merecer, porque, se esteve apagada no primeiro tempo, transfigurou-se na segunda metade.
 

Sporting de Braga e Tondela apresentaram-se em 3x4x3, o que, aliado à pouca velocidade imprimida pelos bracarenses, com mais iniciativa ofensiva, e à 'lição' bem estudada pelos visitantes, fez com que as equipas se 'encaixassem" quase na perfeição.
 

O efeito surpresa da ronda anterior, na goleada fora infligida ao Belenenses SAD (7-1) pelo Braga, já não se verificou e assistiu-se a um jogo muito 'mastigado' dos minhotos, que não sabiam o que fazer com a bola, ao ponto de provocar assobios dos adeptos.
 

Numa dessas hesitações na construção inicial, Bruno Viana perdeu a bola para Murillo, que, depois de se isolar, 'picou' a bola sobre Matheus e inaugurou o marcador (37).
 

Logo a seguir, quase surgiu o empate, mas um grande corte de Bruno Wilson travou um remate de primeira de Ricardo Horta, após assistência de Trincão (39), jogada de maior perigo dos da casa na primeira parte.
 

Rúben Amorim lançou André Horta e Galeno logo após o intervalo e o extremo brasileiro não demorou muito a criar perigo, terminando a fuga pelo lado esquerdo com um remate perigoso ligeiramente ao lado (47).
 

Pouco depois, Raul Silva foi até ao ataque tirar um cruzamento, que nem Paulinho nem Ricardo Horta souberam aproveitar, mas a ocasião mais flagrante surgiu aos 64 minutos, quando Paulinho, com tudo para marcar, após grande cruzamento de Trincão, cabeceou à figura de Cláudio Ramos.
 

O Tondela praticamente não existiu ofensivamente na segunda parte, mas podia ter 'matado' a partida aos 78 minutos, quando, após uma excelente jogada de Moufi pela direita, Denilson Júnior rematou por cima.
 

O Braga chegou ao empate na jogada seguinte, com Paulinho, de cabeça, a não perdoar desta vez, após centro de Galeno.


Os bracarenses carregaram até ao final e viraram o marcador já em período de descontos (90+1), com Paulinho a bisar (15.º golo da temporada) na recarga a um cabeceamento de Fransérgio à barra.

Deixa o teu comentário